Home | Livros | Zahar | AMOR LÍQUIDO (NOVA EDIÇÃO)
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

AMOR LÍQUIDO (NOVA EDIÇÃO)

Sobre a fragilidade dos laços humanos

Zygmunt Bauman
Tradução: Carlos Alberto Medeiros

R$ 74,90

/ À vista

Apresentação

Best-seller da obra de Zygmunt Bauman -- agora em novo projeto gráfico --, Amor líquido é um livro fundamental para a compreensão das relações afetivas dos dias de hoje.

Frequentemente comprados juntos

Zahar

Amor líquido (Nova edição)

Zygmunt Bauman

R$ 74,90

Zahar

Modernidade líquida (Nova edição)

Zygmunt Bauman

R$ 84,90

Zahar

Tempos líquidos (Nova edição)

Zygmunt Bauman

R$ 64,90

Preço total de

R$ 224,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Brinque-Book

A verdadeira história de Chapeuzinho Vermelho

Agnese Baruzzi

R$ 79,90

Brinque-Book

A carta do Gildo

Silvana Rando

R$ 59,90

Companhia das Letras

Banzeiro òkòtó

Eliane Brum

R$ 84,90

Brinque-Book

Apertada e sem espaço

Julia Donaldson

R$ 59,90

Brinque-Book

A fabulosa máquina de amigos

Nick Bland

R$ 59,90

Brinque-Book

Bruxa, bruxa venha à minha festa

Arden Druce

R$ 50,92

Seguinte

A bailarina fantasma

Socorro Acioli

R$ 59,90

Companhia das Letras

Anos de chumbo e outros contos

Chico Buarque

R$ 79,90

Zahar

Modernidade líquida (Nova edição)

Zygmunt Bauman

R$ 84,90

Seguinte

Aristóteles e Dante mergulham nas águas do mundo

Benjamin Alire Sáenz

R$ 64,90

Ficha Técnica

Páginas: 192 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.241 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 30/07/2021
ISBN: 978-65-5979-013-5 Selo: Zahar Capa: Bruno Oliveira Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Best-seller da obra de Zygmunt Bauman -- agora em novo projeto gráfico --, Amor líquido é um livro fundamental para a compreensão das relações afetivas dos dias de hoje.

A era da modernidade líquida em que vivemos -- um mundo repleto de sinais confusos, propenso a mudar com rapidez e de forma imprevisível -- é fatal para nossa capacidade de amar, seja esse amor direcionado ao próximo ou a nós mesmos.
Zygmunt Bauman, um dos mais originais e perspicazes sociólogos da contemporaneidade, investiga aqui de que forma nossas relações tornam-se cada vez mais frágeis e geram níveis de insegurança cada vez maiores. Uma vez que damos prioridade a relacionamentos em "redes" que podem ser tecidas ou desmanchadas com igual facilidade (e frequentemente sem que isso envolva nenhum contato além do virtual), não sabemos mais como manter laços a longo prazo.
Sensível e brilhante como de hábito, Bauman faz deste Amor líquido muito mais do que uma mera e triste constatação, mas um alerta revigorante. Ele busca esclarecer, registrar e apreender de que forma o homem sem vínculos -- figura central dos tempos modernos -- se conecta.

Sobre o autor