Home | Livros | Seguinte | CINDERELA CHINESA
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

CINDERELA CHINESA

Adeline Yen Mah
Tradução: José Rubens Siqueira

R$ 54,90

/ À vista

Apresentação

Relato autobiográfico de uma menina que luta para conquistar a independência e a liberdade após uma infância de privação e sofrimento. Cinderela chinesa é um best-seller internacional que fala com sensibilidade sobre a superação de uma juventude extremamente infeliz.

Frequentemente comprados juntos

Seguinte

Cinderela chinesa

Adeline Yen Mah

R$ 54,90

Objetiva

Comédias para se ler na escola

Luis Fernando Verissimo

R$ 57,90

Companhia de Bolso

Cisnes selvagens

Jung Chang

R$ 57,90

Preço total de

R$ 170,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letrinhas

Como contar crocodilos

Margaret Mayo Margareth Mayo & Emily Bolam,

R$ 59,90

Indisponível

Suma

Carrie

Stephen King

R$ 69,90

Suma

A cidade de vapor

Carlos Ruiz Zafón

R$ 57,90

Companhia das Letras

Coral e outros poemas

Sophia de Mello Breyner Andresen

R$ 72,90

Indisponível

Brinque-Book

Como eu cheguei aqui?

Philip Bunting

R$ 52,90

Companhia das Letrinhas

De cabeça pra baixo

Ricardo da Cunha Lima

R$ 49,90

Indisponível

Brinque-Book

Carona na vassoura

Julia Donaldson

R$ 47,92

Brinque-Book

Bruxa, bruxa venha à minha festa

Arden Druce

R$ 59,90

Companhia das Letras

Diário confessional

Oswald de Andrade

R$ 99,90

Clássicos Zahar

David Copperfield: edição comentada e ilustrada

Charles Dickens

R$ 126,32

Companhia das Letras

Banzeiro òkòtó

Eliane Brum

R$ 72,90

Ficha Técnica

Páginas: 176 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.23 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 31/05/2006
ISBN: 978-85-3590-845-9 Selo: Seguinte Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Relato autobiográfico de uma menina que luta para conquistar a independência e a liberdade após uma infância de privação e sofrimento. Cinderela chinesa é um best-seller internacional que fala com sensibilidade sobre a superação de uma juventude extremamente infeliz.

Quinta filha de um milionário chinês, Adeline perdeu a mãe apenas duas semanas depois de nascer. Além de sofrer com a hostilidade dos irmãos, que a responsabilizam pela morte da mãe, Adeline ainda sofre com a indiferença do pai e a crueldade da madrasta. A segunda mulher de seu pai despreza os filhos do casamento anterior, que vivem pobremente, limitados a três refeições diárias e a apenas uma muda de roupa além do uniforme escolar. O pai ignora o que acontece em casa, deixando o terreno livre para a madrasta.
Por ter ousado contrariá-la e por apresentar um rendimento exemplar na escola, Adeline padece nas mãos dessa mulher, que parece ter saído diretamente da fábula Cinderela. Por isso, acaba num colégio interno, sem visitas nem presentes, e é nos livros que encontra refúgio para sua tristeza e solidão. É dessas leituras que vem sua redenção: aos catorze anos, ela se inscreve em um concurso internacional de peças teatrais para alunos de língua inglesa, e ganha. A partir daí, Adeline tem a chance de escapar do seu destino. O resultado dessa experiência extraordinária é Cinderela chinesa, best-seller internacional que fala com sensibilidade sobre a superação de uma infância extremamente infeliz.

Sobre o autor