Home | Livros | Zahar | TORNAR-SE NEGRO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

TORNAR-SE NEGRO

Ou As vicissitudes da identidade do negro brasileiro em ascensão social

Neusa Santos Souza

R$ 59,90

R$ 50,92

/ À vista

Apresentação

Obra pungente, intensa e atual -- porém por muito tempo esquecida --, Tornar-se negro virou um marco no Brasil ao discutir os efeitos psíquicos do racismo na identidade de pessoas negras. Com novo prefácio de Maria Lúcia da Silva, além do prefácio de Jurandir Freire Costa à edição original, este volume traz ainda textos inéditos de Neusa Santos Souza.

Frequentemente comprados juntos

Zahar

Tornar-se negro

Neusa Santos Souza

R$ 50,92

Companhia das Letras

O pacto da branquitude

Cida Bento

R$ 44,90

Zahar

Por um feminismo afro-latino-americano

Lélia Gonzalez

R$ 79,90

Preço total de

R$ 175,72

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Portfolio-Penguin

O trader vencedor

Mark Douglas

R$ 79,90

Seguinte

Última parada

Casey McQuiston

R$ 69,90

Companhia das Letrinhas

Sete histórias para sacudir o esqueleto

Angela-Lago

R$ 59,90

Companhia das Letrinhas

A verdadeira história dos três porquinhos

Jon Scieszka

R$ 50,92

Alfaguara

Senhor das Moscas (Nova edição)

William Golding

R$ 59,42

Companhia das Letras

Ulysses - Edição especial

James Joyce

R$ 169,92

Companhia das Letras

O pacto da branquitude

Cida Bento

R$ 44,90

Indisponível

Companhia das Letras

Sapiens - Edição comemorativa de 10 anos

Yuval Noah Harari

R$ 149,90

Companhia das Letras

As vozes da metrópole

Ruy Castro

R$ 99,90

Ficha Técnica

Páginas: 176 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.248 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 18/10/2021
ISBN: 978-65-5979-029-6 Selo: Zahar Capa: Vinícius Theodoro Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Obra pungente, intensa e atual -- porém por muito tempo esquecida --, Tornar-se negro virou um marco no Brasil ao discutir os efeitos psíquicos do racismo na identidade de pessoas negras. Com novo prefácio de Maria Lúcia da Silva, além do prefácio de Jurandir Freire Costa à edição original, este volume traz ainda textos inéditos de Neusa Santos Souza.

Publicado originalmente em 1983, Tornar-se negro foi pioneiro ao conectar a psicanálise com a questão racial. De forma inovadora e potente, a psiquiatra e psicanalista Neusa Santos Souza dedicou um estudo acadêmico à vida emocional de negros e negras, justificado pela absoluta ausência de um discurso nesse nível elaborado pelo negro acerca de si mesmo.
Partindo da própria experiência de ser negra numa sociedade de hegemonia branca, Neusa analisa uma série de depoimentos dados a ela, assinalando neles as consequências brutais do racismo e da introjeção do padrão branco como o único caminho de mobilidade social para o negro. São histórias de vida de dez personagens que se autodefinem e falam das estratégias para a ascensão, cujo custo emocional é o da sujeição, negação e apagamento de suas identidades, sua cultura e seus corpos.
Intelectual brilhante, Neusa Santos Souza deixou imensa contribuição para o movimento negro e a prática psicanalítica. Reeditar Tornar-se negro é reacender o seu legado, manter viva a sua memória.

Sobre o autor