Home | Livros | Zahar | ESTRANHOS A NÓS MESMOS
CLIQUE PARA AMPLIAR

ESTRANHOS A NÓS MESMOS

Histórias de mentes instáveis

Rachel Aviv
Tradução: Laura Teixeira Motta

R$ 84,90

/ À vista

Apresentação

Uma investigação sutil e profundamente humana sobre as relações entre doença mental, diagnóstico e identidade.

Frequentemente comprados juntos

Zahar

Estranhos a nós mesmos

Rachel Aviv

R$ 84,90

Penguin-Companhia

O Alienista

Machado de Assis

R$ 33,92

Companhia das Letras

As meninas

Lygia Fagundes Telles

R$ 79,90

Preço total de

R$ 198,72

Adicionar ao carrinho
Manifesto antimaternalista

Zahar

Manifesto antimaternalista

Vera Iaconelli

R$ 59,90

O deserto e sua semente

Companhia das Letras

O deserto e sua semente

Jorge Baron Biza

R$ 74,90

Dia da libertação

Companhia das Letras

Dia da libertação

George Saunders

R$ 84,90

Uma história da imaginação

Zahar

Uma história da imaginação

Felipe Fernández-Armesto

R$ 149,90

É a Ales - Autor vencedor do Nobel de literatura 2023

Companhia das Letras

É a Ales - Autor vencedor do Nobel de literatura 2023

Jon Fosse

R$ 64,90

Como os artistas veem o mundo

Zahar

Como os artistas veem o mundo

Will Gompertz

R$ 99,90

Cidade da vitória

Companhia das Letras

Cidade da vitória

Salman Rushdie

R$ 99,90

Longe, muito longe

Zahar

Longe, muito longe

Walter Fraga

R$ 99,90

Stalingrado

Alfaguara

Stalingrado

Vassili Grossman

R$ 189,90

Ficha Técnica

Título original: Strangers To Ourselves Páginas: 304 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.375 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 21/09/2023
ISBN: 978-65-5979-131-6 Selo: Zahar Capa: Alles Blau Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Uma investigação sutil e profundamente humana sobre as relações entre doença mental, diagnóstico e identidade.

* Eleito entre os 10 melhores livros do ano pelo New York Times e Wall Street Journal. Livro do ano pelo Los Angeles Times, Washington Post, New Yorker e Vogue.
Neste premiado livro de estreia, a aclamada jornalista Rachel Aviv levanta questões fundamentais sobre como nos entendemos em momentos de crise e angústia. Movida por um profundo senso de empatia e por sua própria experiência de viver em uma ala hospitalar aos seis anos de idade, diagnosticada com anorexia, ela recupera a trajetória de pessoas que se depararam com os limites das explicações psiquiátricas sobre quem são.
Entre elas, um homem dividido entre as interpretações dominantes no século XX para seu quadro depressivo; uma brâmane tida como esquizofrênica que fugiu da família para seguir uma vida ascética; uma mulher negra e encarcerada, mais uma vítima do racismo em seu país, lutando pelo perdão dos filhos após se recuperar de uma psicose; uma jovem abastada que, depois de uma década se definindo por seu diagnóstico de bipolaridade, decide parar de tomar os remédios porque não sabe mais quem é sem eles.
Com uma escrita envolvente, que embala um minucioso trabalho de reportagem e pesquisa médica, Estranhos a nós mesmos questiona como as histórias que contamos sobre transtornos mentais moldam seu percurso em nossas vidas -- e também nossas identidades.

Sobre o autor