Home | Livros | Companhia das Letras | AS MENINAS
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

R$ 69,90

/ À vista

Apresentação

São Paulo, 1973, auge da ditadura militar. Num pensionato para moças, as universitárias Lorena, Lia e Ana Clara iniciam a vida adulta num mundo conturbado por rápidas transformações. Lygia Fagundes Telles entrelaça de modo sutil e complexo as trajetórias dessas meninas às voltas com o sexo, as drogas e a repressão política.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

As meninas

Lygia Fagundes Telles

R$ 69,90

Companhia das Letras

Antes do baile verde

Lygia Fagundes Telles

R$ 64,90

Companhia das Letras

Ciranda de pedra

Lygia Fagundes Telles

R$ 64,90

Preço total de

R$ 199,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Antes do baile verde

Lygia Fagundes Telles

R$ 64,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

Que história é essa?

Flavio de Souza

R$ 49,22

Zahar

Sim, a psicanálise cura!

J.-D. Nasio

R$ 67,90

Companhia das Letras

Capitães da areia

Jorge Amado

R$ 67,90

Zahar

Por uma revolução africana

Frantz Fanon

R$ 72,90

Objetiva

Sexo no cativeiro (Nova edição)

Esther Perel

R$ 67,90

Companhia de Bolso

A insustentável leveza do ser

Milan Kundera

R$ 52,90

Companhia de Bolso

Capitães da areia

Jorge Amado

R$ 49,90

Indisponível

Companhia das Letras

A elegância do ouriço

Muriel Barbery

R$ 72,90

Quadrinhos na Cia

Persépolis (completo)

Marjane Satrapi

R$ 74,90

Ficha Técnica

Título original: As meninas Páginas: 304 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.433 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 22/04/2009
ISBN: 978-85-3591-430-6 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

São Paulo, 1973, auge da ditadura militar. Num pensionato para moças, as universitárias Lorena, Lia e Ana Clara iniciam a vida adulta num mundo conturbado por rápidas transformações. Lygia Fagundes Telles entrelaça de modo sutil e complexo as trajetórias dessas meninas às voltas com o sexo, as drogas e a repressão política.

Num pensionato de freiras paulistano, em 1973, três jovens universitárias começam sua vida adulta de maneiras bem diversas. A burguesa Lorena, filha de família quatrocentona, nutre veleidades artísticas e literárias. Namora um homem casado, mas permanece virgem. A drogada Ana Clara, linda como uma modelo, divide-se entre o noivo rico e o amante traficante. Lia, por fim, milita num grupo da esquerda armada e sofre pelo namorado preso.
As meninas colhe essas três criaturas em pleno movimento, num momento de impasse em suas vidas. Transitando com notável desenvoltura da primeira pessoa narrativa para a terceira, assumindo ora o ponto de vista de uma ora de outra das protagonistas, Lygia Fagundes Telles constrói um romance pulsante e polifônico, que capta como poucos o espírito daquela época conturbada e de vertiginosas transformações, sobretudo comportamentais.
Obra de grande coragem na época de seu lançamento (1973), por descrever uma sessão de tortura numa época em que o assunto era rigorosamente proibido, As meninas acabou por se tornar, ao longo do tempo, um dos livros mais aplaudidos pela crítica e também um dos mais populares entre os leitores da autora.

"Que beleza, que força, que matéria viva e lancinante em As meninas." - Carlos Drummond de Andrade

"Lygia Fagundes Telles tem realmente algo da delicadeza atmosférica de uma Katherine Mansfield. A diferença é apenas a seguinte: ela também sabe escrever romance e As meninas é mesmo um romance de alta categoria." - Otto Maria Carpeaux

Leitura obrigatória do vestibular da UFRGS.

Sobre o autor