Home | Livros | Companhia das Letras | UMA QUESTÃO PESSOAL
CLIQUE PARA AMPLIAR

UMA QUESTÃO PESSOAL

Kenzaburo Oe
Tradução: Shintaro Hayashi

R$ 59,90

/ À vista

Apresentação

O professor Bird leva uma vida monótona na Tóquio do anos 60. Aos 27 anos de idade, em plena juventude, casamento e trabalho o entediam e ele sonha com aventuras na África. O nascimento do primeiro filho, portador de uma anomalia cerebral, desperta o professor para os conflitos da vida adulta.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Uma questão pessoal

Kenzaburo Oe

R$ 59,90

Companhia das Letras

A vida invisível de Eurídice Gusmão

Martha Batalha

R$ 57,90

Companhia das Letras

Pureza

Jonathan Franzen

R$ 87,90

Preço total de

R$ 205,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

14 CONTOS DE KENZABURO OE

Kenzaburo Oe

R$ 89,90

Companhia das Letras

Jovens de um novo tempo despertai!

Kenzaburo Oe

R$ 72,90

Indisponível

Companhia das Letras

Jovens de um novo tempo, despertai!

Kenzaburo Oe

R$ 72,90

Companhia das Letras

Confissões de uma máscara

Yukio Mishima

R$ 72,90

Companhia das Letras

Há quem prefira urtigas

Junichiro Tanizaki

R$ 62,90

Companhia das Letras

O pavilhão dourado

Yukio Mishima

R$ 72,90

Indisponível

Penguin-Companhia

Em louvor da sombra

Junichiro Tanizaki

R$ 44,90

Alfaguara

Minha querida Sputnik

Haruki Murakami

R$ 69,90

Companhia das Letras

Amor insensato

Junichiro Tanizaki

R$ 64,90

Indisponível

Ficha Técnica

Título original: A personal matter Páginas: 224 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.285 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 25/02/2003
ISBN: 978-85-3590-327-0 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

O professor Bird leva uma vida monótona na Tóquio do anos 60. Aos 27 anos de idade, em plena juventude, casamento e trabalho o entediam e ele sonha com aventuras na África. O nascimento do primeiro filho, portador de uma anomalia cerebral, desperta o professor para os conflitos da vida adulta.

Em 1964, o romancista japonês Kenzaburo Oe recebia a notícia de que seu primeiro filho nascera com uma anomalia cerebral. É a mesma situação enfrentada pelo protagonista de Uma questão pessoal, o professor Bird. Aos 27 anos, ele leva uma vida mediana, bebendo pelos bares de Tóquio e sonhando com aventuras no distante continente africano.A gravidez da mulher acrescenta angústia ao cotidiano de Bird. A idéia de que será pai e chefe de família faz com que se sinta condenado à vida cotidiana. Para piorar, depois do parto, os pais descobrem que uma anomalia cerebral fará o menino ter uma vida vegetativa. Bird não suporta a possibilidade de se ver atrelado para sempre a um filho anormal. Passa, então, a desejar a morte da criança. Aos poucos, porém, Bird se dá conta de que a crise era uma oportunidade para percorrer um caminho de conquista da realidade, enfrentando os desafios de amadurecimento da vida adulta.

Prêmios