Home | Livros | Companhia das Letras | DESVARIOS NO BROOKLYN
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

DESVARIOS NO BROOKLYN

Paul Auster
Tradução: Beth Vieira

Apresentação

Prestes a completar sessenta anos, doente, aposentado compulsoriamente e recém-separado, Nathan Glass só quer achar um lugar tranqüilo para morrer. O reencontro com seu sobrinho, porém, lança Glass e sua família numa história repleta de reviravoltas e aventuras, que trazem a marca de Paul Auster, um dos grandes escritores americanos da atualidade.

O livro das ilusões

Companhia das Letras

O livro das ilusões

Paul Auster

R$ 94,90

A trilogia de Nova York

Companhia das Letras

A trilogia de Nova York

Paul Auster

R$ 89,90

Leviatã

Companhia das Letras

Leviatã

Paul Auster

R$ 52,00

Indisponível
Viagens no scriptorium

Companhia das Letras

Viagens no scriptorium

Paul Auster

R$ 59,90

Noite do oráculo

Companhia das Letras

Noite do oráculo

Paul Auster

R$ 79,90

A invenção da solidão

Companhia das Letras

A invenção da solidão

Paul Auster

R$ 79,90

Timbuktu

Companhia das Letras

Timbuktu

Paul Auster

R$ 36,00

Indisponível
Diário de inverno

Companhia das Letras

Diário de inverno

Paul Auster

R$ 69,90

Ficha Técnica

Páginas: 328 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.425 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 22/07/2005
ISBN: 978-85-3590-680-6 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Prestes a completar sessenta anos, doente, aposentado compulsoriamente e recém-separado, Nathan Glass só quer achar um lugar tranqüilo para morrer. O reencontro com seu sobrinho, porém, lança Glass e sua família numa história repleta de reviravoltas e aventuras, que trazem a marca de Paul Auster, um dos grandes escritores americanos da atualidade.

Prestes a completar sessenta anos, Nathan Glass acha difícil vislumbrar um futuro para si. Compulsoriamente aposentado devido a um câncer em aparente processo de remissão, recém-saído de um casamento falido e rejeitado pela única filha, busca um lugar tranqüilo para morrer. Muda-se então para o bairro nova-iorquino do Brooklyn, onde nasceu, onde espera encontrar um final silencioso para uma vida triste e absurda.
Quer o acaso, porém, que Nathan não só não morra como se meta em várias peripécias, como a desencadeada por sua paixonite por uma jovem garçonete - e a conseqüente ameaça de morte que lhe dirige o marido brutamontes da moça - e confrontos involuntários com um membro de uma seita cristã ultrafundamentalista. Além disso, sua amizade com um vigarista falsificador de obras de arte dará origem a outra série de encrencas.
A narrativa tem início durante a primavera que antecede a controvertida eleição para a presidência dos Estados Unidos, em 2000. Por uma das inúmeras coincidências que se sucedem ao longo do romance, Nathan encontra o sobrinho Tom Wood, a quem não vê há anos. Assim como o tio, Tom está sem rumo, fugindo do que poderia ter sido uma carreira acadêmica promissora, do amor e da vida em geral. O reencontro dos dois é seguido de perto pela entrada em cena da sobrinha de Tom, garota esperta de nove anos que surge do nada na soleira do quartinho onde vive o tio, sem bagagem nenhuma, recusando-se a revelar o paradeiro da mãe. Na verdade, recusando-se literalmente a falar.
Criada essa ponte entre três gerações do clã, descrito por Nathan como um bando de almas confusas e atrapalhadas, a trinca protagoniza uma história cheia de reviravoltas, com cenas hilariantes e comovedoras, nas quais se destaca o desencanto de Nathan e Tom com os rumos políticos dos Estados Unidos a partir do resultado das eleições. Enquanto entretém o leitor com as aventuras desses e de outros personagens cujas vidas se esbarram e se entrelaçam, Paul Auster explora com brilho o terreno mais vasto da América contemporânea - em que sonhos desfeitos e desatinos humanos se combinam de maneira única.

"Um dos mais inventivos autores americanos" - The Times Literary Supplement

"Poucos conseguem, como Auster, misturar referências e subtextos sem cortar o suspense narrativo, sem deixar de acumular ações na vida de seus personagens" - Daniel Piza

Sobre o autor

Prêmios