Home | Livros | Companhia das Letras | EU RECEBERIA AS PIORES NOTÍCIAS DOS SEUS LINDOS LÁBIOS
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

EU RECEBERIA AS PIORES NOTÍCIAS DOS SEUS LINDOS LÁBIOS

Marçal Aquino

R$ 74,90

R$ 67,41

/ À vista

Apresentação

Numa pequena cidade do Pará, repleta de garimpeiros, comerciantes inescrupulosos, prostitutas e assassinos de aluguel, o fotógrafo Cauby se envolve com a misteriosa e sedutora Lavínia, mulher de um pastor evangélico que a tirou das ruas e das drogas.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios

Marçal Aquino

R$ 67,41

Companhia das Letras

Pequena coreografia do adeus

Aline Bei

R$ 58,41

Companhia das Letras

O quarto de Giovanni

James Baldwin

R$ 62,91

Preço total de

R$ 188,73

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Penguin-Companhia

Os miseráveis

Victor Hugo

R$ 139,90

Companhia das Letrinhas

O Homem-Cão: O confronto selvagem

Dav Pilkey

R$ 59,90

Zahar

O Seminário, livro 4

Jacques Lacan

R$ 159,90

Paralela

Como salvar o futuro

André Carvalhal

R$ 64,90

Companhia de Bolso

Cem dias entre céu e mar

Amyr Klink

R$ 49,90

Seguinte

Coração de tinta

Cornelia Funke

R$ 79,90

Companhia das Letras

A revolução dos bichos

George Orwell

R$ 29,90

Companhia de Bolso

O mundo assombrado pelos demônios

Carl Sagan

R$ 64,90

Ficha Técnica

Título original: Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios Páginas: 232 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.295 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 31/10/2005
ISBN: 978-85-3590-736-0 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Numa pequena cidade do Pará, repleta de garimpeiros, comerciantes inescrupulosos, prostitutas e assassinos de aluguel, o fotógrafo Cauby se envolve com a misteriosa e sedutora Lavínia, mulher de um pastor evangélico que a tirou das ruas e das drogas.

No momento em que começa a narrar os fatos de Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios, o fotógrafo Cauby está convalescendo de um trauma numa pensão barata, numa cidade do Pará prestes a ser palco de uma nova corrida do ouro. Sua voz é impregnada da experiência de quem aprendeu todas as regras de sobrevivência no submundo - mas não é do ambiente hostil ao seu redor que ele está falando. O motivo de sua descida ao inferno é Lavínia, a misteriosa e sedutora mulher de Ernani, um pastor evangélico.
A trajetória do fotógrafo, dado a premonições e a um humor desencantado, vai sendo explicada por meio de pistas: a história de Chang, fotógrafo morto num escândalo de pedofilia; o mistério de Viktor Laurence, jornalista local que prepara uma vingança silenciosa; a vida de Ernani, que tirou Lavínia das ruas e das drogas no passado. Mesmo diante de todos os riscos, Cauby decide cumprir seu destino com o fatalismo dos personagens trágicos. "Nunca acreditei no diabo", diz ele. "Apenas em pessoas seduzidas pelo mal."

Sobre o autor

Vídeo