Home | Livros | Companhia das Letras | LINHA-D'ÁGUA
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

LINHA-D'ÁGUA

Amyr Klink

R$ 99,90

/ À vista

Apresentação

A aventura de construir o Paratii 2: do sonho e da determinação de fazer um barco "leve como canoa, forte como rebocador", nascem histórias de projetos, estaleiros e marinas. Em Linha-d'água, Amyr Klink descreve os bastidores das grandes viagens.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Linha-d'água

Amyr Klink

R$ 99,90

Companhia das Letras

A marcha para o oeste

Orlando Villas Bôas e Cláudio Villas Bôas

R$ 119,90

Companhia das Letras

Paratii

Amyr Klink

R$ 99,90

Preço total de

R$ 319,70

Adicionar ao carrinho
Paratii

Companhia das Letras

Paratii

Amyr Klink

R$ 99,90

Indisponível
As janelas do paratii

Companhia das Letras

As janelas do paratii

Amyr Klink

R$ 161,00

Indisponível
Cem dias entre céu e mar

Companhia das Letras

Cem dias entre céu e mar

Amyr Klink

R$ 84,90

Cem dias entre céu e mar

Companhia de Bolso

Cem dias entre céu e mar

Amyr Klink

R$ 49,90

Capotar é preciso

Portfolio-Penguin

Capotar é preciso

Armando Oliveira

R$ 99,90

Shalimar, o equilibrista

Companhia das Letras

Shalimar, o equilibrista

Salman Rushdie

R$ 89,90

Cinderela chinesa

Seguinte

Cinderela chinesa

Adeline Yen Mah

R$ 59,90

Frango com ameixas

Quadrinhos na Cia

Frango com ameixas

Marjane Satrapi

R$ 64,90

Indisponível

Ficha Técnica

Páginas: 352 Formato: 16.00 X 23.00 cm Peso: 0.553 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 21/11/2006
ISBN: 978-85-3590-940-1 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

A aventura de construir o Paratii 2: do sonho e da determinação de fazer um barco "leve como canoa, forte como rebocador", nascem histórias de projetos, estaleiros e marinas. Em Linha-d'água, Amyr Klink descreve os bastidores das grandes viagens.

"Como você consegue se adaptar, depois de tantos meses no mar?". Em seu novo relato sobre barcos e viagens, Amyr Klink confessa não conseguir deixar de se espantar com essa pergunta "típica de desmiolados que imaginam haver no mar tempo sobrando para fazer filosofia". E basta singrar as páginas destas memórias afetivas - um afeto por homens e barcos (nessa ordem, sem a menor dúvida) - para partilhar do espanto de um autor cada vez mais direto e incisivo ao discursar sobre suas paixões.
A história em torno da qual giram as várias outras histórias deste livro é a da construção, lançamento e navegação do Paratii 2, "um barco simples como canoa e cargueiro como navio". E a busca dessa simplicidade e dessa amplidão demanda um tempo que no mar é sempre escasso, um tempo que aflige enquanto não produz resultado, mas que permite armazenar na memória tudo que contribuiu para que o barco de Amyr fosse o mundo - repleto de tipos antológicos, apetrechos insuspeitados, como um "enganchador de moças" e "bichos peçonhentos" perfuradores de dedos aventureiros, e momentos de tensão em que dez segundos podem decidir o destino do navegador.
O leitor acompanha o nascimento do interesse de Amyr pelos barcos, sua paixão pelas canoas de Paraty, as leituras desfrutadas no sótão e as histórias recolhidas pelo mar. Testemunha também as pesquisas, os testes e as viagens empreendidas para realizar o sonho de um barco capaz de passar anos inteiros nas terras geladas da Antártica e levar na tripulação crianças e suas fantasias infantis.
Este livro de Amyr Klink traz um barco como tema, mas o homem é o porto. E como toda boa história marítima, tem até tesouro enterrado.

Sobre o autor