Home | Livros | Companhia das Letras | JOAQUIM NABUCO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

JOAQUIM NABUCO

Angela Alonso

R$ 72,90

/ À vista

Apresentação

Neste volume da coleção Perfis Brasileiros, Angela Alonso traça um retrato minucioso de Joaquim Nabuco, focalizando os dilemas pessoais e embates públicos do pensador e militante abolicionista.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Joaquim Nabuco

Angela Alonso

R$ 72,90

Companhia das Letras

General Osorio

Francisco Doratioto

R$ 62,90

Companhia das Letras

Castro Alves

Alberto da Costa e Silva

R$ 62,90

Preço total de

R$ 198,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Ficha Técnica

Páginas: 400 Formato: 13.50 X 20.80 cm Peso: 0.485 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 30/11/2007
ISBN: 978-85-3591-131-2 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Neste volume da coleção Perfis Brasileiros, Angela Alonso traça um retrato minucioso de Joaquim Nabuco, focalizando os dilemas pessoais e embates públicos do pensador e militante abolicionista.

Este volume da coleção Perfis Brasileiros está dedicado à biografia, à atuação pública e à obra do intelectual, diplomata, jornalista e político Joaquim Nabuco (1849-1910). Pertencente à geração de 1870 - da qual fazem parte Tavares Bastos, Rui Barbosa e André Rebouças, entre outros -, Nabuco vive a crise política do Segundo Reinado, que assiste à desagregação da ordem política imperial. Formado pelo pai na política e na gramática monarquista, e próximo dos grupos reformistas da segunda metade do século XIX (a maior parte deles organizados em torno da República e da abolição), Nabuco expressa, em sua biografia, em sua obra e no desempenho parlamentar, os dilaceramentos de figuras premidas entre os anseios de modernização do país e o desejo de manutenção da ordem aristocrática. "Vivendo numa era de mudanças, expressou-a existencialmente", afirma Angela Alonso, "oscilando entre a devoção à sociedade aristocrática e o empenho em reformas modernizadoras, que fatalmente a destruiriam".
O perfil de Nabuco que o livro projeta deixa entrever as múltiplas identidades do personagem: menino de engenho na primeira infância; dândi na mocidade; político na maturidade. Menos do que incongruências, a análise destaca as compatibilidades entre o aprendizado nos salões e o desempenho na diplomacia e na política. O que não significa descartar tensões e ambivalências que se revelam nos titubeios amorosos, nas divisões partidárias e nas crises pessoais e intelectuais de Nabuco.

Sobre o autor