Home | Livros | Companhia das Letras | COMO MORREM OS POBRES E OUTROS ENSAIOS
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

COMO MORREM OS POBRES E OUTROS ENSAIOS

George Orwell
Tradução: Pedro Maia Soares

R$ 62,90

/ À vista

Apresentação

Em textos escritos ao longo de duas décadas sobre tópicos que vão desde os dilemas do pacifismo até a decadência dos pubs londrinos, George Orwell emerge como um agudo observador do mundo e ao mesmo tempo um combatente incansável contra a hipocrisia política e a covardia intelectual.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Como morrem os pobres e outros ensaios

George Orwell

R$ 62,90

Companhia das Letras

O que é fascismo?

George Orwell

R$ 44,90

Companhia das Letras

O caminho para Wigan Pier

George Orwell

R$ 62,90

Preço total de

R$ 170,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

O que é fascismo?

George Orwell

R$ 44,90

Companhia das Letras

O caminho para Wigan Pier

George Orwell

R$ 62,90

Companhia das Letras

Na pior em Paris e Londres

George Orwell

R$ 57,90

Companhia das Letras

Dias na Birmânia

George Orwell

R$ 77,90

Companhia das Letras

A flor da Inglaterra

George Orwell

R$ 67,90

Companhia das Letras

Uma vida em cartas

George Orwell

R$ 67,90

Companhia das Letras

Dentro da baleia e outros ensaios

George Orwell

R$ 54,90

Companhia das Letras

A revolução dos bichos

George Orwell

R$ 24,90

Penguin-Companhia

Por que escrevo

George Orwell

R$ 27,90

Companhia das Letras

Homenagem à Catalunha

George Orwell

R$ 67,90

Ficha Técnica

Páginas: 416 Formato: 13.70 X 21.00 cm Peso: 0.492 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 23/05/2011
ISBN: 978-85-3591-863-2 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Em textos escritos ao longo de duas décadas sobre tópicos que vão desde os dilemas do pacifismo até a decadência dos pubs londrinos, George Orwell emerge como um agudo observador do mundo e ao mesmo tempo um combatente incansável contra a hipocrisia política e a covardia intelectual.

Para George Orwell, nada substituía a experiência direta da vida. E foi com base na vivência pessoal e na observação crítica do mundo que ele escreveu ensaios, artigos e crônicas ao longo de toda a vida. Alguns dos mais representativos desses textos estão reunidos em Como morrem os pobres e outros ensaios.
Na primeira seção do livro, por exemplo, estão os relatos e reflexões de Orwell sobre sua vivência pessoal como sem-teto, colhedor boia-fria de lúpulo, presidiário e paciente de um hospital público. Em outra parte enfeixam-se seus vigorosos artigos sobre o uso da linguagem verbal no romance, na poesia, na propaganda política e no jornalismo.
A gama de interesses do escritor é inesgotável. Com a mesma verve e conhecimento de causa, ele fala sobre temas graves, como a hipocrisia intelectual, ao lado de assuntos mais leves e aparentemente até fúteis, como os trajes da elite britânica e o gosto do cidadão inglês por crimes sensacionalistas.
De todos os tópicos, sejam grandes ou pequenos, Orwell extrai revelações sobre a estrutura da sociedade, as mudanças nos costumes, as transformações profundas operadas na Inglaterra e no mundo na primeira metade do século XX.

Sobre o autor