Home | Livros | Companhia de Bolso | O REI DO MUNDO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

O REI DO MUNDO

David Remnick
Tradução: Celso Nogueira

Apresentação

Este livro reconstitui a história de Muhammad Ali, o maior lutador de boxe de todos os tempos. Recusando-se a assumir qualquer papel exemplar, Ali ajudou a transformar a política racial, a cultura popular e a noção de heroísmo dos norte-americanos, num tempo em que a vida se constituía numa série de enfrentamentos, dentro e fora do ringue.

Você pode gostar também de

Companhia de Bolso

O jornalista e o assassino

Janet Malcolm

R$ 49,90

Companhia das Letras

Dentro da floresta

David Remnick

R$ 99,90

Companhia das Letras

O segredo de Joe Gould

Joseph Mitchell

R$ 39,90

Indisponível

Companhia das Letras

Elogiemos os homens ilustres

James Rufus Agee Walker Evans

R$ 99,90

Companhia das Letras

Honra teu pai

Gay Talese

R$ 94,90

Indisponível

Companhia das Letras

Esqueleto na lagoa verde

Antonio Callado

R$ 59,90

Indisponível

Companhia das Letras

Vida de escritor

Gay Talese

R$ 94,90

Indisponível

Companhia das Letras

Anatomia de um julgamento

Janet Malcolm

R$ 69,90

Companhia das Letras

O reino e o poder

Gay Talese

R$ 94,90

Indisponível

Companhia das Letras

A árvore de Gernika

George L. Steer

R$ 99,90

Ficha Técnica

Título original: The king of the world (pocket) Páginas: 376 Formato: 12.50 X 18.00 cm Peso: 0.308 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 30/06/2011
ISBN: 978-85-3591-892-2 Selo: Companhia de Bolso Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Este livro reconstitui a história de Muhammad Ali, o maior lutador de boxe de todos os tempos. Recusando-se a assumir qualquer papel exemplar, Ali ajudou a transformar a política racial, a cultura popular e a noção de heroísmo dos norte-americanos, num tempo em que a vida se constituía numa série de enfrentamentos, dentro e fora do ringue.

Na noite de 1964, quando Muhammad Ali (ainda Cassius Clay) subiu ao ringue com Sonny Liston, ele era tido como um sujeito irritante, um sujeito que se movimentava e falava demais. Seis rounds mais tarde, Ali não era apenas o mais novo campeão mundial dos pesos pesados - era "um novo tipo de negro", como ele mesmo se denominou. O rei do mundo reconstitui a trajetória desse lutador que ajudou a transformar a política racial, a cultura popular e a noção de heroísmo dos norte-americanos. Repleto de detalhes saborosos e fotos reveladoras, O rei do mundo mostra Muhammad Ali como uma invenção de si mesmo: desde o menino Cassius e sua infância em Louisville até os treinos obsessivos e a mudança de nome e de religião. Ao descrever as principais lutas de Ali, David Remnick conseguiu capturar o espírito predominante da época que marcou a grande transformação da mentalidade americana, embalada pela ascensão política dos negros, por conflitos morais e pela disseminação de organizações como a Nação do Islã e a Máfia. Recusando-se a assumir qualquer papel exemplar ou corresponder a expectativas, Muhammad Ali marcou uma das décadas mais intensas do século XX - um tempo em que a vida se constituía de enfrentamentos duros, dentro e fora do ringue.

Sobre o autor