Home | Livros | Companhia das Letras | OS HOMENS QUE NÃO AMAVAM AS MULHERES
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

OS HOMENS QUE NÃO AMAVAM AS MULHERES

Stieg Larsson
Tradução: Paulo Neves

R$ 89,90

/ À vista

Apresentação

Primeiro volume de Millennium, série cult de mistério que vendeu mais de 6,5 milhões de exemplares na Europa, Os homens que não amavam as mulheres traz uma dupla irresistível de protagonistas-detetives: o jornalista Mikael Blomkvist e a genial e perturbada hacker Lisbeth Salander. Juntos, eles desvelam uma trama verdadeiramente escabrosa envolvendo a elite sueca.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Os homens que não amavam as mulheres

Stieg Larsson

R$ 89,90

Companhia das Letras

A menina que brincava com fogo

Stieg Larsson

R$ 84,90

Companhia das Letras

A rainha do castelo de ar

Stieg Larsson

R$ 89,90

Preço total de

R$ 264,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

A menina que brincava com fogo

Stieg Larsson

R$ 84,90

Companhia das Letras

A rainha do castelo de ar

Stieg Larsson

R$ 89,90

Indisponível

Companhia das Letras

A garota na teia de aranha

David Lagercrantz

R$ 69,90

Companhia das Letras

O homem que buscava sua sombra

David Lagercrantz

R$ 79,90

Suma

A sombra do vento

Carlos Ruiz Zafón

R$ 84,90

Companhia das Letras

A garota marcada para morrer

David Lagercrantz

R$ 79,90

Companhia das Letras

A guerra não tem rosto de mulher

Svetlana Aleksiévitch

R$ 76,42

Companhia das Letras

Não me abandone jamais

Kazuo Ishiguro

R$ 71,91

Suma

A guerra dos tronos

George R. R. Martin

R$ 94,41

Ficha Técnica

Páginas: 528 Formato: 16.00 X 23.00 cm Peso: 0.793 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 17/06/2015
ISBN: 978-85-3592-616-3 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Primeiro volume de Millennium, série cult de mistério que vendeu mais de 6,5 milhões de exemplares na Europa, Os homens que não amavam as mulheres traz uma dupla irresistível de protagonistas-detetives: o jornalista Mikael Blomkvist e a genial e perturbada hacker Lisbeth Salander. Juntos, eles desvelam uma trama verdadeiramente escabrosa envolvendo a elite sueca.

Vem da Suécia um dos maiores êxitos no gênero de mistério dos últimos anos: a série Millennium - da qual este romance, Os homens que não amavam as mulheres, é o primeiro volume.

Em 1966, Harriet Vanger, jovem herdeira de um império industrial, some sem deixar vestígios. No dia de seu desaparecimento, fechara-se o acesso à ilha onde ela e diversos membros de sua extensa família se encontravam. Desde então, a cada ano, Henrik Vanger, o velho patriarca do clã, recebe uma flor emoldurada - o mesmo presente que Harriet lhe dava, até desaparecer. Ou ser morta. Pois Henrik está convencido de que ela foi assassinada. E que um Vanger a matou.
Quase quarenta anos depois, o industrial contrata o jornalista Mikael Blomkvist para conduzir uma investigação particular. Mikael, que acabara de ser condenado por difamação contra o financista Wennerström, preocupa-se com a crise de credibilidade que atinge sua revista, a Millennium. Henrik lhe oferece proteção para a Millennium e provas contra Wennerström, se o jornalista consentir em investigar o assassinato de Harriet. Mikael descobre que suas inquirições não são bem-vindas pela família Vanger, e que muitos querem vê-lo pelas costas. De preferência, morto.
Com o auxílio de Lisbeth Salander, que conta com uma mente infatigável para a busca de dados - de preferência, os mais sórdidos -, ele logo percebe que a trilha de segredos e perversidades do clã industrial recua até muito antes do desaparecimento ou morte de Harriet. E segue até muito depois.... até um momento presente, desconfortavelmente presente.