Home | Livros | Companhia das Letras | A GUERRA NÃO TEM ROSTO DE MULHER
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

A GUERRA NÃO TEM ROSTO DE MULHER

Svetlana Aleksiévitch
Tradução: Cecília Rosas

R$ 67,90

/ À vista

Apresentação

Uma história ainda pouco conhecida, contada pelas próprias personagens: as incríveis aventuras das soldadas soviéticas que lutaram durante a Segunda Guerra Mundial.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

A guerra não tem rosto de mulher

Svetlana Aleksiévitch

R$ 67,90

Companhia das Letras

Vozes de Tchernóbil

Svetlana Aleksiévitch

R$ 72,90

Companhia das Letras

As últimas testemunhas

Svetlana Aleksiévitch

R$ 72,90

Preço total de

R$ 213,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Sobre o autoritarismo brasileiro

Lilia Moritz Schwarcz

R$ 64,90

Paralela

The Risk - Sucesso no TikTok

Elle Kennedy

R$ 59,90

Companhia de Bolso

Niketche (Edição de bolso)

Paulina Chiziane

R$ 38,32

Zahar

Fundamentos da psicanálise de Freud a Lacan - vol. 1

Marco Antonio Coutinho Jorge

R$ 84,90

Indisponível

Companhia das Letras

A vida invisível de Eurídice Gusmão

Martha Batalha

R$ 57,90

Companhia das Letras

A montanha mágica

Thomas Mann

R$ 109,90

Clássicos Zahar

O conde de Monte Cristo: edição bolso de luxo

Alexandre Dumas

R$ 109,90

Companhia das Letras

Terra sonâmbula

Mia Couto

R$ 64,90

Companhia das Letras

Freud (1901-1905) - Obras completas Volume 6

Sigmund Freud

R$ 87,90

Ficha Técnica

Páginas: 392 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.466 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 17/06/2016
ISBN: 978-85-3592-743-6 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Uma história ainda pouco conhecida, contada pelas próprias personagens: as incríveis aventuras das soldadas soviéticas que lutaram durante a Segunda Guerra Mundial.

A história das guerras costuma ser contada sob o ponto de vista masculino: soldados e generais, algozes e libertadores. Trata-se, porém, de um equívoco e de uma injustiça. Se em muitos conflitos as mulheres ficaram na retaguarda, em outros estiveram na linha de frente. É esse capítulo de bravura feminina que Svetlana Aleksiévitch reconstrói neste livro absolutamente apaixonante e forte. Quase um milhão de mulheres lutaram no Exército Vermelho durante a Segunda Guerra Mundial, mas a sua história nunca foi contada. Svetlana Aleksiévitch deixa que as vozes dessas mulheres ressoem de forma angustiante e arrebatadora, em memórias que evocam frio, fome, violência sexual e a sombra onipresente da morte.

Sobre o autor