Home | Livros | Quadrinhos na Cia | QUADRINHOS DOS ANOS 10
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

QUADRINHOS DOS ANOS 10

André Dahmer

Apresentação

Nova coletânea do autor de Malvados e Vida e obra de Terêncio Horto reúne tiras hilárias sobre a vida moderna.

Frequentemente comprados juntos

Quadrinhos na Cia

Quadrinhos dos anos 10

André Dahmer

R$ 82,90

Quadrinhos na Cia

Malvados

André Dahmer

R$ 97,90

Quadrinhos na Cia

Vida e obra de Terêncio Horto

André Dahmer

R$ 72,90

Preço total de

R$ 253,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Quadrinhos na Cia

Vida e obra de Terêncio Horto

André Dahmer

R$ 72,90

Quadrinhos na Cia

Todo Wood&Stock

Angeli

R$ 137,90

Quadrinhos na Cia

Todo Bob Cuspe

Angeli

R$ 109,90

Quadrinhos na Cia

Aqui

Richard McGuire

R$ 109,90

Indisponível

Quadrinhos na Cia

Ah como era boa a ditadura...

Luiz Gê

R$ 77,90

Quadrinhos na Cia

Manual do Minotauro

Laerte

R$ 112,90

Quadrinhos na Cia

Minha coisa favorita é monstro - Livro 1

Emil Ferris

R$ 154,90

Indisponível

Quadrinhos na Cia

Toda Rê Bordosa

Angeli

R$ 104,90

Ficha Técnica

Título original: Quadrinhos dos anos 10 Páginas: 320 Formato: 20.50 X 13.50 cm Peso: 0.421 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 24/05/2016
ISBN: 978-85-3592-714-6 Selo: Quadrinhos na Cia Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Nova coletânea do autor de Malvados e Vida e obra de Terêncio Horto reúne tiras hilárias sobre a vida moderna.

Nova coletânea do autor de Malvados e Vida e obra de Terêncio Horto reúne tiras hilárias sobre a vida moderna.

Difícil definir os anos 2010. Na esteira das revoluções tecnológicas da virada do século, o ruído ampliou-se e a dispersão tomou conta. Todavia, a torrente de informações e opiniões não assusta André Dahmer. Na verdade, é desse caldo que ele tira algumas de suas melhores histórias. Quadrinhos dos anos 10 tem uma receita simples: três ou quatro quadros em sequência, contendo a mais dolorosa e mordaz crítica à vida moderna. O humor dessas páginas nasce da mesma angústia que sentimos diante das complicações contemporâneas que o autor tenta destrinchar. Mas as tiras não são pesadas e duras: pelo contrário, são tão engraçadas quanto os absurdos do dia a dia. Um riso meio doído, mas um riso mesmo assim.

Sobre o autor