Home | Livros | Companhia das Letras | CONTOS COMPLETOS
CLIQUE PARA AMPLIAR

CONTOS COMPLETOS

Caio Fernando Abreu

R$ 92,90

R$ 74,32

/ À vista

Apresentação

Pela primeira vez, a reunião de todos os contos de um dos autores mais viscerais da contracultura brasileira.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Contos completos

Caio Fernando Abreu

R$ 74,32

Companhia das Letras

Os contos

Lygia Fagundes Telles

R$ 144,90

Companhia das Letras

Da poesia

Hilda Hilst

R$ 82,90

Preço total de

R$ 302,12

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Contos completos

Liev Tolstói

R$ 219,90

Objetiva

Devassos no Paraíso (4ª edição, revista e ampliada)

João Silvério Trevisan

R$ 87,90

Companhia das Letras

O quarto de Giovanni

James Baldwin

R$ 59,90

Companhia das Letras

O amor dos homens avulsos

Victor Heringer

R$ 57,90

Indisponível

Companhia das Letras

Com armas sonolentas

Carola Saavedra

R$ 67,90

Indisponível

Companhia das Letras

Grande sertão: veredas

João Guimarães Rosa

R$ 99,90

Ficha Técnica

Título original: Contos completos Páginas: 760 Formato: 16.00 X 23.00 cm Peso: 1.01 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 25/07/2018
ISBN: 978-85-3593-128-0 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Pela primeira vez, a reunião de todos os contos de um dos autores mais viscerais da contracultura brasileira.

Publicados entre as décadas de 1970 e 1990, os contos de Caio Fernando Abreu são o retrato de uma geração. Os tempos autoritários e sombrios dos anos de chumbo aparecem nesta reunião não apenas como pano de fundo, mas como parte constituinte de uma prosa que se consagrou pelo estilo combativo e radical. Vida e obra, aqui, se misturam a ponto de biografia se transformar em literatura e vice-versa.
Em Contos completos, o leitor tem a chance de percorrer toda a produção do autor no gênero da prosa breve. O volume abarca seis títulos – Inventário do ir-remediável (1970), O ovo apunhalado (1975), Pedras de Calcutá (1977), Morangos mofados (1982), Os dragões não conhecem o paraíso (1988) e Ovelhas negras (1995) –, além de dez contos avulsos, sendo três deles inéditos em livro. O livro inclui, por fim, textos de Italo Moriconi, Alexandre Vidal Porto e Heloisa Buarque de Hollanda, que jogam luz sobre a atualidade de Caio Fernando Abreu.
Ao escrever sobre amor, morte, medo, sexualidade, solidão e alegria, o autor de Onde andará Dulce Veiga? constrói personagens complexos e absolutamente profundos em cada detalhe. Com verve e sensibilidade, o "escritor da paixão", na alcunha de Lygia Fagundes Telles, soube como ninguém combinar delírio e lucidez, euforia e angústia, luz e sombra.

Sobre o autor