Home | Livros | Companhia das Letras | RISQUE ESTA PALAVRA (AUTOGRAFADO)
CLIQUE PARA AMPLIAR

RISQUE ESTA PALAVRA (AUTOGRAFADO)

Ana Martins Marques

Apresentação

Novo livro de uma das vozes mais extraordinárias da poesia contemporânea.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Risque esta palavra (AUTOGRAFADO)

Ana Martins Marques

R$ 47,90

Companhia das Letras

A vida submarina (autografado)

Ana Martins Marques

R$ 49,90

Companhia das Letras

Lima Barreto - Triste visionário (autografado)

Lilia Moritz Schwarcz

R$ 129,90

Preço total de

R$ 227,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

A vida submarina (autografado)

Ana Martins Marques

R$ 49,90

Indisponível

Companhia das Letras

Lima Barreto - Triste visionário (autografado)

Lilia Moritz Schwarcz

R$ 129,90

Indisponível

Companhia das Letras

O som do rugido da onça (autografado)

Micheliny Verunschk

R$ 59,90

Indisponível

Companhia das Letras

Baixo esplendor (autografado)

Marçal Aquino

R$ 54,90

Indisponível

Companhia das Letras

As miniaturas (autografado)

Andréa Del Fuego

R$ 52,90

Indisponível

Companhia das Letras

Com armas sonolentas (autografado)

Carola Saavedra

R$ 62,90

Indisponível

Companhia das Letras

O deus das avencas (autografado)

Daniel Galera

R$ 59,90

Indisponível

Companhia das Letras

Triste não é ao certo a palavra (autografado)

Gabriel Abreu

R$ 64,90

Indisponível

Companhia das Letras

A INTUIÇÃO DA ILHA (AUTOGRAFADO)

Pilar del Río

R$ 99,90

Indisponível

Companhia das Letras

Impressão sua (autografado)

André Dahmer

R$ 64,90

Indisponível

Companhia das Letras

O livro das semelhanças

Ana Martins Marques

R$ 50,92

Ficha Técnica

Páginas: 120 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.174 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 21/06/2021
ISBN: 978-85-3593-465-6 Selo: Companhia das Letras Capa: Kiko Farkas Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Novo livro de uma das vozes mais extraordinárias da poesia contemporânea.

A poesia de Ana Martins Marques atesta que as palavras são capazes de tudo: de absorver o que está ao redor – na tentativa de compreender o mundo –, mas, sobretudo, de criar novos mundos. Em seus versos, que nascem da observação e da curiosidade, a linguagem às vezes serve para pensar. Outras vezes, as palavras são deixadas de lado e dão lugar a um "buraco/ cheio de silêncio". E então a poeta conclui: "um poema não é mais/ do que uma pedra que grita".
Em Risque esta palavra, uma das vozes mais celebradas da literatura hoje cria uma espécie de inventário de experiências afetivas. Com clareza, inquietação e extrema habilidade, Ana Martins Marques mapeia os encontros e desencontros, a paixão e o luto, e prova que "quase só de palavras/ se faz o amor".

Sobre o autor