Home | Livros | Companhia das Letras | CIDADE DA VITÓRIA
CLIQUE PARA AMPLIAR

CIDADE DA VITÓRIA

Romance

Salman Rushdie
Tradução: Paulo Henriques Britto

R$ 99,90

/ À vista

Apresentação

O surgimento, a ascensão e a queda de um império e de sua criadora são os eventos que delineiam este romance de Salman Rushdie, o primeiro a ser publicado após o atentado sofrido pelo autor em 2022.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Cidade da vitória

Salman Rushdie

R$ 99,90

Companhia das Letras

Escrita em movimento

Noemi Jaffe

R$ 62,91

Penguin-Companhia

Piloto de guerra

Antoine de Saint-Exupéry

R$ 49,90

Preço total de

R$ 212,71

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Dia da libertação

George Saunders

R$ 84,90

Companhia das Letras

O deserto e sua semente

Jorge Baron Biza

R$ 74,90

Alfaguara

Stalingrado

Vassili Grossman

R$ 189,90

Companhia das Letras

Por que ler os clássicos (Edição especial)

Italo Calvino

R$ 119,90

Companhia das Letras

Se um viajante numa noite de inverno (Edição especial)

Italo Calvino

R$ 119,90

Companhia das Letras

O mestre de Petersburgo (Nova edição)

J. M. Coetzee

R$ 84,90

Penguin-Companhia

Um, nenhum e cem mil

Luigi Pirandello

R$ 54,90

Companhia das Letras

Vida e época de Michael K (Nova edição)

J. M. Coetzee

R$ 79,90

Ficha Técnica

Título original: Victory City Páginas: 384 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.468 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 18/09/2023
ISBN: 978-85-3593-480-9 Selo: Companhia das Letras Capa: Victor Burton Ilustração:

SOBRE O LIVRO

O surgimento, a ascensão e a queda de um império e de sua criadora são os eventos que delineiam este romance de Salman Rushdie, o primeiro a ser publicado após o atentado sofrido pelo autor em 2022.

"Neste exato lugar uma grande cidade surgirá, para maravilhar o mundo, e seu império há de durar mais de dois séculos. E tu [...] lutarás para que nunca mais outras mulheres sejam queimadas dessa maneira e para que os homens vejam as mulheres de um jeito novo", declara a deusa Parvati a Pampa Kampana, uma menina de nove anos que acabara de ver a mãe e outras mulheres se entregarem à fogueira após perderem os maridos para a guerra.
Maldição e bênção caminham lado a lado: ao se tornar órfã em terras destroçadas, a criança se vê dominada pelos poderes da divindade, que começa a operar através dela. É dessa forma que Bisnaga, a cidade da vitória, nasce. A partir dos desejos de uma jovem indefesa, erguem-se os muros de um novo e próspero império. Seus cidadãos brotam da terra, suas histórias e memórias são sussurradas segundo a imaginação de Pampa Kampana, assim como suas conquistas e derrotas também são arquitetadas pela profeta -- mas toda narrativa tem um jeito de fugir de seu autor.
Com o passar dos anos, governantes vêm e vão, batalhas são vencidas e perdidas, e o próprio tecido da cidade se torna uma tapeçaria cada vez mais complexa. As fortalezas de Bisnaga, então, são comprometidas pela ambição e pela arrogância de quem está no poder.
Narrada com o imaginário e a acidez característicos de Salman Rushdie, Cidade da vitória remete aos antigos poemas épicos para evidenciar as contradições do mundo. Uma saga de amor, aventura e mito que é em si uma prova do poder da ficção.


"Cidade da vitória é um triunfo -- não porque existe, mas porque é absolutamente encantadora." -- The Atlantic


"Uma celebração do poder da narrativa e da resistência da literatura." -- The Guardian

Sobre o autor