Home | Livros | Zahar | UM PREÇO MUITO ALTO
CLIQUE PARA AMPLIAR

UM PREÇO MUITO ALTO

A jornada de um neurocientista que desafia nossa visão sobre as drogas

Carl Hart

R$ 82,90

/ À vista

Frequentemente comprados juntos

Zahar

Um preço muito alto

Carl Hart

R$ 82,90

Zahar

Drogas para adultos

Carl Hart

R$ 87,90

Zahar

Por um feminismo afro-latino-americano

Lélia Gonzalez

R$ 50,32

Preço total de

R$ 221,12

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Zahar

Drogas para adultos

Carl Hart

R$ 87,90

Zahar

Por um feminismo afro-latino-americano

Lélia Gonzalez

R$ 50,32

Companhia das Letras

A vida não é útil

Ailton Krenak

R$ 34,32

Companhia das Letras

Pequena coreografia do adeus

Aline Bei

R$ 62,90

Companhia das Letras

O olho mais azul (Nova edição)

Toni Morrison

R$ 54,32

Companhia das Letras

Na fissura

Johann Hari

R$ 102,90

Indisponível

Companhia das Letras

O mundo se despedaça

Chinua Achebe

R$ 59,90

Indisponível

Zahar

Drogas: as histórias que não te contaram

Ilona Szabó

R$ 59,90

Zahar

Uma história feita por mãos negras

Beatriz Nascimento

R$ 62,90

Companhia das Letras

Meio sol amarelo (Nova capa)

Chimamanda Ngozi Adichie

R$ 82,90

Companhia das Letras

O perigo de uma história única

Chimamanda Ngozi Adichie

R$ 42,90

Ficha Técnica

Páginas: 328 Formato: 16.00 X 23.00 cm Peso: 0.5 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 08/05/2014
ISBN: 978-85-3781-264-8 Selo: Zahar Ilustração:

SOBRE O LIVRO

"Não é sempre que lemos um livro que detona tudo que foi falado sobre drogas. Parte relato, parte demolidor de mitos, uma leitura fascinante." The Huffington Post

Misto de memórias e divulgação científica, esse livro é uma história de esperança, um alerta necessário e importantíssimo que vai mudar a maneira como pensamos sobre as drogas.

Carl Hart é um respeitado neurocientista da prestigiosa Universidade Columbia. Nesse livro corajoso, e não menos polêmico, ele conta a história da sua infância e juventude num dos bairros mais violentos de Miami e de como - a despeito da desigualdade e da falta de oportunidades - tornou-se o primeiro professor negro de Columbia e foi levado a um trabalho inovador no terreno da dependência química e das drogas.

Hart corajosamente analisa a relação entre drogas, prazer, escolhas e motivações, lançando nova luz sobre as ideias correntes a respeito de raça, pobreza, dependência, e explicando o fracasso das atuais políticas proibicionistas nesse campo.
"O relato de Hart é tão pungente quanto sua reivindicação para que se mude o modo como a sociedade pensa a respeito de raça, drogas e pobreza." Scientific American

"Pela primeira vez, um livro mistura pesquisa científica traduzida em termos acessíveis com memórias. E que memórias." O Estado de S. Paulo

Sobre o autor