Home | Livros | Zahar | A COR DA LIBERDADE
CLIQUE PARA AMPLIAR

A COR DA LIBERDADE

Os anos de presidência

Nelson Mandela e Mandla Langa
Tradução: Denise Bottmann

R$ 104,90

/ À vista
ou em até 2x no crédito de R$ 52,45

Frequentemente comprados juntos

Zahar

A cor da liberdade

Nelson Mandela e Mandla Langa

R$ 104,90

Zahar

A autobiografia de Martin Luther King

Clayborne Carson e Martin Luther King

R$ 87,90

Companhia das Letras

Malcolm X

Manning Marable

R$ 99,90

Preço total de

R$ 292,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Zahar

A autobiografia de Martin Luther King

Clayborne Carson Martin Luther King

R$ 87,90

Companhia das Letras

Malcolm X

Manning Marable

R$ 99,90

Indisponível

Zahar

Por um feminismo afro-latino-americano

Lélia Gonzalez

R$ 62,90

Companhia das Letras

A vida não é útil

Ailton Krenak

R$ 42,90

Indisponível

Companhia das Letras

Uma terra prometida

Barack Obama

R$ 87,90

Companhia das Letras

Ideias para adiar o fim do mundo (Nova edição)

Ailton Krenak

R$ 42,90

Objetiva

Minha história

Michelle Obama

R$ 74,90

Companhia das Letras

Pequeno manual antirracista

Djamila Ribeiro

R$ 39,90

Zahar

Por uma revolução africana

Frantz Fanon

R$ 72,90

Ficha Técnica

Páginas: 472 Formato: 16.00 X 23.00 cm Peso: 0.753 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 02/07/2018
ISBN: 978-85-3781-770-4 Selo: Zahar Ilustração:

SOBRE O LIVRO

A cor da liberdade é a emocionante sequência do best-seller mundial Longa caminhada até a liberdade, volume inicial
das memórias de Nelson Mandela.

Em 1994, Nelson Mandela tornou-se o primeiro presidente de uma África do Sul democrática. Desde o início, ele estava comprometido em servir apenas um único mandato de cinco anos. Durante a sua presidência, ele e o seu governo garantiram que todos os cidadãos da África do Sul se tornassem iguais perante a lei, e Mandela estabeleceu as
bases para transformar um país destruído por séculos de colonialismo e apartheid em uma democracia plenamente
funcional.

História dos anos presidenciais de Mandela, A cor da liberdade tem como base principal as memórias que ele começou a escrever quando se preparou para deixar o cargo, mas não pôde terminar. O aclamado escritor sul-africano Mandla Langa completou a tarefa, usando o rascunho inacabado e as notas detalhadas que Mandela fez à medida que os acontecimentos se desenrolavam, além de um rico material de arquivo inédito. Com prólogo da viúva de Mandela, Graça Machel, o resultado é um relato vívido einspirador da criação de uma nova democracia - a história de um país em transição e os desafios que Mandela enfrentou para tornar realidade a sua visão de uma África do Sul liberada.

Sobre o autor