Home | Livros | Alfaguara | MODO DE APANHAR PÁSSAROS À MÃO (NOVA EDIÇÃO)
CLIQUE PARA AMPLIAR

MODO DE APANHAR PÁSSAROS À MÃO (NOVA EDIÇÃO)

Maria Valéria Rezende

Apresentação

Reunião de contos que nos levam a rever conceitos de lealdade, culpa e desejo, com a rara sensibilidade de Maria Valéria Rezende, agora em nova edição.

Você pode gostar também de

Alfaguara

Carta à rainha louca

Maria Valéria Rezende

R$ 62,90

Alfaguara

Meridiano de sangue (Nova edição)

Cormac McCarthy

R$ 74,90

Indisponível

Alfaguara

O voo da guará vermelha

Maria Valéria Rezende

R$ 52,90

Alfaguara

A autobiografia da minha mãe

Jamaica Kincaid

R$ 74,90

Alfaguara

Blecaute (Nova edição)

Marcelo Rubens Paiva

R$ 59,90

Companhia das Letras

Uma terra prometida

Barack Obama

R$ 87,90

Alfaguara

Apague a luz se for chorar

Fabiane Guimarães

R$ 69,90

Ficha Técnica

Páginas: 128 Formato: 15.00 X 23.00 cm Peso: 0.204 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 19/11/2020
ISBN: 978-85-5652-108-8 Selo: Alfaguara Capa: Mari Metidieri Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Reunião de contos que nos levam a rever conceitos de lealdade, culpa e desejo, com a rara sensibilidade de Maria Valéria Rezende, agora em nova edição.

Carlinhos, o motoboy, corta avenidas em alta e insana velocidade para saciar o desejo da mulher; a prostituta Irene é assombrada por um momento de sua infância que deixou marcas profundas; o fotógrafo de moda lança mão de uma receita do século XVIII para levar a cabo sua obsessão pela atraente modelo Íbis.
Essas são algumas das fascinantes criaturas que habitam os contos criados por Maria Valéria Rezende, reunidos neste livro. Repletas da inconfundível delicadeza da autora, suas histórias nos lançam em dilemas morais e nos provocam em nossos afetos mais íntimos. Sem maniqueísmo.
Em Modo de apanhar pássaros à mão, publicado pela primeira vez em 2006 e agora disponível em uma nova edição pela Alfaguara, Maria Valéria garimpa sem qualquer pudor no terreno dos sentimentos e das emoções. E, com essa matéria-prima, produz joias de rara filigrana literária.

Sobre o autor