Home | Livros | Companhia das Letrinhas | OSSOS DO OFÍCIO
CLIQUE PARA AMPLIAR

OSSOS DO OFÍCIO

Autor/Ilustrador: Gilles Eduar

R$ 59,90

/ À vista

Apresentação

Para crianças pequenas, a história de um cachorrinho que sai de casa logo de manhã e só volta à noite, depois de observar pessoas que exercem diferentes profissões. Por onde quer que passe, há gente trabalhando. Ele olha e faz um comentário, como este: "Pintores pintam de tudo, pintam paredes, pintam o mundo".

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letrinhas

Ossos do ofício

Gilles Eduar

R$ 59,90

Pequena Zahar

O muro no meio do livro

Jon Agee

R$ 69,90

Companhia das Letrinhas

Baleia na banheira

Susanne Strasser

R$ 54,90

Preço total de

R$ 184,70

Adicionar ao carrinho
O muro no meio do livro

Pequena Zahar

O muro no meio do livro

Jon Agee

R$ 69,90

Meu primeiro livro de contos de fadas

Companhia das Letrinhas

Meu primeiro livro de contos de fadas

Mary Hoffman

R$ 69,90

Brasil 100 palavras

Companhia das Letrinhas

Brasil 100 palavras

Gilles Eduar

R$ 79,90

Malala, a menina que queria ir para a escola

Companhia das Letrinhas

Malala, a menina que queria ir para a escola

Adriana Carranca

R$ 54,90

A verdadeira história dos três porquinhos

Companhia das Letrinhas

A verdadeira história dos três porquinhos

Jon Scieszka

R$ 59,90

Muito cansado e bem acordado

Companhia das Letrinhas

Muito cansado e bem acordado

Susanne Strasser

R$ 46,67

A estranha madame Mizu

Companhia das Letrinhas

A estranha madame Mizu

Thierry Lenain

R$ 54,90

Diálogos fabulosíssimos

Companhia das Letrinhas

Diálogos fabulosíssimos

Gilles Eduar

R$ 59,90

Indisponível

Ficha Técnica

Título original: Ossos do ofício Páginas: 36 Formato: 21.00 X 21.00 cm Peso: 0.122 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 18/06/2001
ISBN: 978-85-7406-102-3 Selo: Companhia das Letrinhas Ilustração: Gilles Eduar

SOBRE O LIVRO

Para crianças pequenas, a história de um cachorrinho que sai de casa logo de manhã e só volta à noite, depois de observar pessoas que exercem diferentes profissões. Por onde quer que passe, há gente trabalhando. Ele olha e faz um comentário, como este: "Pintores pintam de tudo, pintam paredes, pintam o mundo".

Com texto simples e ilustrações grandes e muito coloridas, Ossos do ofício é uma história que leva as crianças pequenas a passear com Nilo, um cachorrinho que um dia sai de casa bem cedo e começa a vagar sem rumo, sem ter nenhum lugar especial aonde queira ir. Como quem não quer nada, ele dá uma paradinha aqui, outra ali. Logo se vê que é muito observador, mas não é em tudo que presta atenção. Nilo está interessado no trabalho das pessoas, no ofício que elas exercem. Por onde quer que passe, há gente trabalhando. Ele olha e faz um comentário: "Quando a coisa pega fogo, chamam os bombeiros"; "Quem conhece a história dos dinossauros é a paleontóloga", "O que eu gosto no cabeleireiro é de sentar na poltrona e vestir aquela capa enorme"; "Pintores pintam de tudo, pintam paredes, pintam o mundo". Depois de conhecer uma infinidade de profissões, Nilo acaba se perguntando: "E eu? Qual será o meu trabalho? Será que o meu ofício é apenas ser um roedor de ossos?". A essa altura, já chegando em casa, ele vê a alegria com que seus donos o recebem e conclui que o seu trabalho não é outro senão este: "É deixar as pessoas felizes".

Sobre o autor