Home | Livros | Companhia das Letrinhas | QUEM É QUEM
CLIQUE PARA AMPLIAR

QUEM É QUEM

Autor: Lalau
Ilustrador: Laurabeatriz

R$ 54,90

/ À vista

Apresentação

Versos simples e surpreendentes como "Só o arco-íris/ pode pintar/ o ar" formam este livro de poemas de Lalau. Ele mostra que a poesia está nas idéias mais corriqueiras. O ritmo e a sonoridade usados pelo autor mudam a maneira de perceber as palavras, levando à surpresa e ao encantamento: "Espeto espeta,/ Agulha pinica,/ Dedo cutuca".

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letrinhas

Quem é quem

Lalau

R$ 54,90

Companhia das Letrinhas

O livro dos medos

Vários autores

R$ 69,90

Companhia das Letrinhas

O bicho alfabeto

Paulo Leminski

R$ 69,90

Preço total de

R$ 194,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letrinhas

Zum-zum-zum e outras poesias

Lalau

R$ 74,90

Companhia das Letrinhas

Faz e acontece no faz-de-conta

Lalau

R$ 54,90

Companhia das Letrinhas

Fora da gaiola

Lalau

R$ 54,90

Companhia das Letrinhas

A revolta das palavras

José Paulo Paes

R$ 54,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

Uma cor, duas cores, todas elas

Lalau

R$ 54,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

Brasileirinhos da Amazônia

Lalau Laurabeatriz

R$ 53,91

Companhia das Letrinhas

O clube dos contrários

Sílvia Zatz

R$ 59,90

Ficha Técnica

Título original: Quem e quem Páginas: 32 Formato: 19.00 X 25.00 cm Peso: 0.122 kg Acabamento: Livro grampeado Lançamento: 22/08/2002
ISBN: 978-85-7406-146-7 Selo: Companhia das Letrinhas Ilustração: Laurabeatriz

SOBRE O LIVRO

Versos simples e surpreendentes como "Só o arco-íris/ pode pintar/ o ar" formam este livro de poemas de Lalau. Ele mostra que a poesia está nas idéias mais corriqueiras. O ritmo e a sonoridade usados pelo autor mudam a maneira de perceber as palavras, levando à surpresa e ao encantamento: "Espeto espeta,/ Agulha pinica,/ Dedo cutuca".

Com uma poesia que dá destaque à beleza das coisas simples, Lalau compõe versos surpreendentes. Em "Quem parece o quê", algodão parece neve, joaninha parece catapora e garoa parece seda. Lalau faz com que as crianças prestem mais atenção às palavras, levando os pequenos leitores à surpresa e ao espanto da descoberta.Alguns poemas invertem o sentido com que estamos acostumados a perceber a natureza e os objetos. No poema "Quem quer o quê", é a chuva que quer a planta e não o contrário, como era de se esperar. No mesmo poema, a água quer a sede e o samba quer o pandeiro.Por meio do ritmo e da sonoridade, Lalau cria novas e poéticas relações para as coisas do mundo, como nestes versos: "Histórias têm livros,/ Tesouros têm piratas,/ Vacas, bois.// Lágrima tem saudade,/ País tem mapa,/ Antes, depois."Bem-te-vi, Girassóis, Fora da gaiola e Uma cor, duas cores todas elas (outros livros da dupla Lalau e Laurabeatriz publicados pela Companhia das Letrinhas) receberam o selo Altamente Recomendável/FNLIJ.

Sobre o autor