Home | Livros | Companhia das Letrinhas | O CADERNO DE LILIANA
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

O CADERNO DE LILIANA

Autor: Livia Garcia-Roza
Ilustrador: Taline Schubach

R$ 49,90

/ À vista

Apresentação

Liliana não entende por que a mãe não vai mais voltar para casa. E por isso se põe a escrever. Contar sua rotina é uma forma de continuar conversando com a mãe. Palavra atrás de palavra, Liliana vai aprender a dizer o que sente e a descobrir como dar sentido a sua tristeza, suas alegrias e sua maneira de ver o mundo.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letrinhas

O caderno de Liliana

Livia Garcia-Roza

R$ 49,90

Companhia das Letrinhas

Contos de morte morrida

Ernani Ssó

R$ 52,90

Companhia das Letrinhas

Aventuras de Alice no país das maravilhas

Lewis Carroll

R$ 57,90

Preço total de

R$ 160,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letrinhas

Pode chorar, coração, mas fique inteiro

Glenn Ringtved

R$ 47,90

Companhia das Letrinhas

Contos de morte morrida

Ernani Ssó

R$ 52,90

Companhia das Letrinhas

Malala, a menina que queria ir para a escola

Adriana Carranca

R$ 49,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

Todas as pessoas contam

Kristin Roskifte

R$ 52,90

Companhia das Letrinhas

Lobinho na escola de enganação

Ian Whybrow Tony Ross

R$ 47,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

O silêncio da água

José Saramago

R$ 52,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

O clube do tênis vermelho

Ana Punset

R$ 52,90

Companhia das Letrinhas

Cantisapos, histocarés e cirandefantes

Sinval Medina

R$ 52,90

Companhia das Letrinhas

As aventuras de Glauber e Hilda

Índigo

R$ 52,90

Companhia das Letrinhas

Ei! Tem alguém aí?

Jostein Gaarder

R$ 57,90

Ficha Técnica

Título original: O caderno de Liliana Páginas: 120 Formato: 13.00 X 19.00 cm Peso: 0.171 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 04/02/2011
ISBN: 978-85-7406-459-8 Selo: Companhia das Letrinhas Ilustração: Taline Schubach

SOBRE O LIVRO

Liliana não entende por que a mãe não vai mais voltar para casa. E por isso se põe a escrever. Contar sua rotina é uma forma de continuar conversando com a mãe. Palavra atrás de palavra, Liliana vai aprender a dizer o que sente e a descobrir como dar sentido a sua tristeza, suas alegrias e sua maneira de ver o mundo.

Sem a mãe, a casa de Liliana ficou enorme e virou uma grande bagunça. Roque e Peu, os irmãos da menina, não param de aprontar. O pai não tem tempo para os filhos. A tia e a avó não a escutam. E Jacyra, a empregada, está sempre ocupada, fazendo faxina ou lavando roupa.
Liliana descobre que viver sem a mãe é "horrível" e que tem de lidar com a falta dela. Para superar a tristeza, o ciúme e a raiva, a menina se distrai com as visitas da avó, com a barrigona de grávida da empregada Jacyra, faz o batizado da boneca Shirley e, em seu caderno, inicia um diálogo com a mãe. Por meio dessa "conversa", a menina vai descobrir por si mesma como elaborar essa ausência e deixar de ser uma "folhinha ao vento".
É por meio da vida de todo dia, da fala e da escrita a um só tempo infantil, espontânea e literária, que se constrói esta narrativa sobre o aprendizado do crescimento, a experiência da perda e a reorganização dos afetos. Numa história sensível e pontuada de humor, a ficção de Livia Garcia-Roza apresenta-se em sua melhor forma. As palavras se sucedem em ritmo acelerado e vão aos poucos construindo um relato ao mesmo tempo leve e reflexivo sobre a perda.

Sobre o autor