Home | Livros | Companhia das Letrinhas | O ACENDEDOR DE SONHOS
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

O ACENDEDOR DE SONHOS

Alberto Caeiro

Autor: Dorothée Piatek
Ilustrador: Gwendal Blondelle
Tradução: Eduardo Brandão

R$ 64,90

/ À vista

Apresentação

Num tempo em que a noite tinha se tornado eterna, em que não existiam plantas nem água, um menino encontra uma semente de girassol. Para manter a planta viva, ele precisa da ajuda do grande acendedor de sonhos, um gigante responsável por trazer luz à Terra. Uma fábula sobre a exploração desenfreada e o desequilíbrio que ela acarreta no meioambiente.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letrinhas

O acendedor de sonhos

Dorothée Piatek

R$ 64,90

Companhia das Letrinhas

O amor pega feito um bocejo

Antonio Geraldo Figueiredo Ferreira

R$ 64,90

Companhia das Letrinhas

Pode chorar, coração, mas fique inteiro

Glenn Ringtved

R$ 54,90

Preço total de

R$ 184,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letrinhas

Pode chorar, coração, mas fique inteiro

Glenn Ringtved

R$ 54,90

Companhia das Letrinhas

Malala, a menina que queria ir para a escola

Adriana Carranca

R$ 54,90

Companhia das Letrinhas

As gêmeas de moscou

Luis Fernando Verissimo

R$ 54,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

Cantigas por um passarinho à toa (Nova edição)

Manoel de Barros

R$ 69,90

Pequena Zahar

A menina dos livros

Oliver Jeffers Sam Winston

R$ 69,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

A bela desadormecida

Frances Minters

R$ 54,90

Ficha Técnica

Título original: L'allumeur de rêves Páginas: 48 Formato: 27.00 X 21.00 cm Peso: 0.169 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 13/03/2012
ISBN: 978-85-7406-517-5 Selo: Companhia das Letrinhas Ilustração: Gwendal Blondelle

SOBRE O LIVRO

Num tempo em que a noite tinha se tornado eterna, em que não existiam plantas nem água, um menino encontra uma semente de girassol. Para manter a planta viva, ele precisa da ajuda do grande acendedor de sonhos, um gigante responsável por trazer luz à Terra. Uma fábula sobre a exploração desenfreada e o desequilíbrio que ela acarreta no meioambiente.

Era uma vez um gigante tão alto que tinha de se curvar para não encostar no céu. Ele trabalhava sem pausa para trazer um pouco de luz à Terra, já que por lá era sempre noite e não existiam mais bichos, nem plantas, nem mesmo água.
Um dia, ele recebe um pedido especial: ajudar uma criança a regar uma flor feita de sol. Eles partem em busca da água, e salvam a flor, espalhando as suas sementes entre os moradores da cidade. Juntos, os dois vão aprender que a Terra é um bem muito precioso que todos precisamos preservar.

Sobre o autor