Home | Livros | Portfolio-Penguin | CAMISA DE FORÇA IDEOLÓGICA
CLIQUE PARA AMPLIAR

CAMISA DE FORÇA IDEOLÓGICA

A crise da macroeconomia

André Lara Resende

R$ 59,90

/ À vista

Apresentação

Em Camisa de força ideológica, André Lara Resende faz uma revisão do conceito de moeda e evidencia as inconsistências teóricas da macroeconomia neoclássica, sugerindo uma mudança de paradigma para um crescimento econômico democrático.

Frequentemente comprados juntos

Portfolio-Penguin

Camisa de força ideológica

André Lara Resende

R$ 59,90

Portfolio-Penguin

Consenso e contrassenso

André Lara Resende

R$ 79,90

Portfolio-Penguin

Juros, moeda e ortodoxia - Teorias monetárias e controvérsias políticas

André Lara Resende

R$ 74,90

Preço total de

R$ 214,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Portfolio-Penguin

Consenso e contrassenso

André Lara Resende

R$ 79,90

Portfolio-Penguin

Juros, moeda e ortodoxia - Teorias monetárias e controvérsias políticas

André Lara Resende

R$ 74,90

Indisponível

Companhia das Letras

Nada os trará de volta

Edson Lopes Cardoso

R$ 99,90

Zahar

Lutar contra a pobreza

Esther Duflo

R$ 79,90

Companhia das Letras

A vida brinca muito comigo

David Grossman

R$ 99,90

Companhia das Letras

Vale da estranheza

Anna Wiener

R$ 89,90

Objetiva

Fosforescência

Julia Baird

R$ 74,90

Portfolio-Penguin

O estado empreendedor

Mariana Mazzucato

R$ 89,90

Ficha Técnica

Páginas: 120 Formato: 12.00 X 18.00 cm Peso: 0.128 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 03/06/2022
ISBN: 978-85-8285-234-7 Selo: Portfolio Penguin Capa: Alceu Chiesorin Nunes Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Em Camisa de força ideológica, André Lara Resende faz uma revisão do conceito de moeda e evidencia as inconsistências teóricas da macroeconomia neoclássica, sugerindo uma mudança de paradigma para um crescimento econômico democrático.

"A teoria macroeconômica convencional está em crise". A partir dessa premissa, André Lara Resende retoma discussão que tem travado na imprensa e com seus pares sobre os problemas da economia hegemônica e debruça-se sobre duas concepções-chave para a ortodoxia: a ideia de que a moeda possui valor intrínseco e de que a atuação do Estado é fator limitante ao desenvolvimento econômico sustentável de uma nação.
Neste alentado ensaio, o autor de Consenso e contrassenso mobiliza fundamentos teóricos para promover uma reflexão crítica acerca da macroeconomia neoclássica, repertório considerado imprescindível para o crescimento. Refutando a noção corrente de que as escolhas dos economistas são legitimadas pelo embasamento neutro, empírico e científico, Lara Resende alerta para o caráter ideológico que permeia as narrativas econômicas -- e que é preciso reconhecer quando é hora de superá-las.