Home | Livros | Clássicos Zahar | MOBY DICK: EDIÇÃO COMENTADA
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

MOBY DICK: EDIÇÃO COMENTADA

Herman Melville
Tradução: Bruno Gambarotto

R$ 149,90

/ À vista
ou em até 2x no crédito de R$ 74,95

Apresentação

Este fabuloso romance de aventura, a obra-prima de Herman Melville, é também uma impressionante metáfora da condição humana.

Frequentemente comprados juntos

Clássicos Zahar

Moby Dick: edição comentada

Herman Melville

R$ 149,90

Clássicos Zahar

Viagens de Gulliver: edição comentada

Jonathan Swift

R$ 99,90

Clássicos Zahar

Aventuras de Huckleberry Finn: edição comentada e ilustrada

MARK TWAIN

R$ 99,90

Preço total de

R$ 349,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Clássicos Zahar

As aventuras de Pinóquio: edição bolso de luxo

Carlo Collodi

R$ 59,90

Clássicos Zahar

Jaqueta Branca: edição comentada

Herman Melville

R$ 99,90

Clássicos Zahar

Robinson Crusoé: edição comentada e ilustrada

Daniel Defoe

R$ 89,90

Clássicos Zahar

As aventuras de Tom Sawyer: edição comentada e ilustrada

MARK TWAIN

R$ 89,90

Clássicos Zahar

David Copperfield: edição comentada e ilustrada

Charles Dickens

R$ 159,90

Clássicos Zahar

Aventuras de Huckleberry Finn: edição comentada e ilustrada

MARK TWAIN

R$ 99,90

Penguin-Companhia

A vida e as opiniões do cavalheiro Tristram Shandy (Nova edição)

Laurence Sterne

R$ 99,90

Clássicos Zahar

A Ilha do Tesouro: edição comentada e ilustrada

Robert Louis Stevenson

R$ 79,90

Clássicos Zahar

O conde de Monte Cristo: edição comentada e ilustrada

Alexandre Dumas

R$ 239,90

Zahar

Os condenados da terra

Frantz Fanon

R$ 69,90

Clássicos Zahar

Viagens de Gulliver: edição comentada

Jonathan Swift

R$ 99,90

Clássicos Zahar

O morro dos ventos uivantes: edição comentada

Emily Brontë

R$ 99,90

Ficha Técnica

Páginas: 720 Formato: 16.40 X 23.60 cm Peso: 1.09 kg Acabamento: Livro capa dura Lançamento: 17/11/2022
ISBN: 978-65-8495-200-3 Selo: Clássicos Zahar Capa: Rafael Nobre Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Este fabuloso romance de aventura, a obra-prima de Herman Melville, é também uma impressionante metáfora da condição humana.

Um dos maiores feitos literários da língua inglesa, Moby Dick tornou-se um emblema dos abismos da vingança e da loucura ao descrever a perseguição obsessiva do capitão Ahab pela baleia branca que o aleijou.
Ao embarcarmos no baleeiro Pequod, conduzidos por Ismael, o marujo narrador, somos lançados numa espiral narrativa que atravessa o globo. Começando na costa Leste dos Estados Unidos, a viagem percorre o Atlântico e o Índico num caminho tortuoso até o Pacífico, onde, por fim, os marinheiros encontram o poderoso e temido cachalote. O ambiente apartado e masculino do navio funciona como miniatura do mundo para Melville. Explorando com maestria gêneros como os sermões bíblicos, o teatro shakespeariano, a poesia, a filosofia e, claro, a narrativa de viagem e aventura, ele mergulha em questões centrais da época -- a importância econômica dos cachalotes, a relação hierarquizada dos embarcados, a questão racial refletida na tripulação multiétnica e o nascente imperialismo norte-americano.
Publicado em 1851, Moby Dick chega aos Clássicos Zahar em tradução inédita de Bruno Gambarotto, notório estudioso da obra, também responsável pela apresentação e as mais de quinhentas notas do livro. Esta edição traz ainda posfácio da professora de literatura Ligia Gonçalves Diniz e seção náutica ilustrada por Rafael Nobre, além de cronologia de vida e obra do autor.

Sobre o autor