Home | Livros | Companhia de Bolso | O EVANGELHO SEGUNDO JESUS CRISTO
CLIQUE PARA AMPLIAR

O EVANGELHO SEGUNDO JESUS CRISTO

José Saramago

R$ 57,90

/ À vista

Apresentação

"O filho de José e de Maria nasceu como todos os filhos dos homens, sujo de sangue de sua mãe, viscoso das suas mucosidades e sofrendo em silêncio. Chorou porque o fizeram chorar, e chorará por esse mesmo e único motivo." Romance magistral e polêmico do Prêmio Nobel de Literatura de 1998.

Frequentemente comprados juntos

Companhia de Bolso

O Evangelho segundo Jesus Cristo

José Saramago

R$ 57,90

Companhia das Letras

Grande sertão: veredas

João Guimarães Rosa

R$ 99,90

Companhia de Bolso

O homem duplicado

José Saramago

R$ 44,90

Preço total de

R$ 202,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia de Bolso

O homem duplicado

José Saramago

R$ 44,90

Companhia das Letras

O Evangelho segundo Jesus Cristo (Nova edição)

José Saramago

R$ 67,90

Indisponível

Companhia das Letras

Grande sertão: veredas

João Guimarães Rosa

R$ 99,90

Companhia de Bolso

A jangada de pedra

José Saramago

R$ 44,90

Companhia de Bolso

História do cerco de Lisboa

José Saramago

R$ 47,90

Companhia de Bolso

Origens do totalitarismo

Hannah Arendt

R$ 64,90

Companhia de Bolso

A insustentável leveza do ser

Milan Kundera

R$ 52,90

Companhia das Letras

Ensaio sobre a cegueira (Nova edição)

José Saramago

R$ 62,90

Companhia das Letras

Caixa comemorativa - Vinte anos do Nobel de José Saramago

José Saramago Ricardo Viel

R$ 114,90

Companhia das Letras

As intermitências da Morte (Nova edição)

José Saramago

R$ 54,90

Ficha Técnica

Título original: O evangelho segundo Jesus Cristo - bolso Páginas: 376 Formato: 12.50 X 18.00 cm Peso: 0.31 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 06/05/2005
ISBN: 978-85-3590-643-1 Selo: Companhia de Bolso Ilustração:

SOBRE O LIVRO

"O filho de José e de Maria nasceu como todos os filhos dos homens, sujo de sangue de sua mãe, viscoso das suas mucosidades e sofrendo em silêncio. Chorou porque o fizeram chorar, e chorará por esse mesmo e único motivo." Romance magistral e polêmico do Prêmio Nobel de Literatura de 1998.

"O filho de José e de Maria nasceu como todos os filhos dos homens, sujo de sangue de sua mãe, viscoso das suas mucosidades e sofrendo em silêncio. Chorou porque o fizeram chorar, e chorará por esse mesmo e único motivo." Todos conhecem a história do filho de José e Maria, mas nesta narrativa ela ganha tanta beleza e tanta pungência que é como se estivesse sendo contada pela primeira vez. Nas palavras de José Paulo Paes: "Interessado menos na onipotência do divino que na frágil mas tenaz resistência do humano, a arte magistral de Saramago excele no dar corpo às preliminares e à culminância do drama da Paixão".

Sobre o autor