Home | Livros | Companhia das Letras | TANTO FAZ & ABACAXI
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

TANTO FAZ & ABACAXI

Reinaldo Moraes

R$ 59,90

/ À vista

Apresentação

Os dois romances cult dos anos 80, que contam as peripécias de um cara de trinta e poucos anos em Paris e Nova York, com altas doses de sexo, drogas e muita bebida, aparecem reunidos nesta nova edição revista pelo autor, Reinaldo Moraes, um dos escritores que integra o clã dos "malditos" da coleção Má Companhia.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Tanto faz & abacaxi

Reinaldo Moraes

R$ 59,90

Alfaguara

Pornopopeia (Nova edição)

Reinaldo Moraes

R$ 80,91

Companhia das Letras

O segundo tempo

Michel Laub

R$ 59,90

Preço total de

R$ 200,71

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Alfaguara

Pornopopeia (Nova edição)

Reinaldo Moraes

R$ 80,91

Alfaguara

Maior que o mundo - Volume 1

Reinaldo Moraes

R$ 89,90

Companhia das Letras

O invasor

Marçal Aquino

R$ 49,90

Indisponível

Objetiva

Pornopopéia

Reinaldo Moraes

R$ 84,90

Companhia das Letras

Sonetos luxuriosos

Pietro Aretino

R$ 49,90

Companhia de Bolso

Risíveis amores

Milan Kundera

R$ 54,90

Alfaguara

O cheirinho do amor

Reinaldo Moraes

R$ 69,90

Companhia de Bolso

O jogo dos olhos

Elias Canetti

R$ 59,90

Ficha Técnica

Título original: Tanto faz & Abacaxi Páginas: 344 Formato: 12.50 X 18.00 cm Peso: 0.288 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 18/03/2011
ISBN: 978-85-3591-821-2 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Os dois romances cult dos anos 80, que contam as peripécias de um cara de trinta e poucos anos em Paris e Nova York, com altas doses de sexo, drogas e muita bebida, aparecem reunidos nesta nova edição revista pelo autor, Reinaldo Moraes, um dos escritores que integra o clã dos "malditos" da coleção Má Companhia.

Disputados em sebos, Tanto faz (1981) e Abacaxi (1985), os romances que revelaram um de nossos maiores narradores, ganham edição definitiva - se é que esse adjetivo se aplica a um autor tão despudoradamente perfeccionista que não para de retocar a própria obra a cada edição.
Ricardo de Mello é o herói-narrador de Tanto faz - o garotão à beira dos trinta que deixa um emprego burocrático em São Paulo para morar em Paris, com um ano de bolsa de estudos num curso de "planificação econômica para basbaques do terceiro mundo". Mas seu verdadeiro projeto é ser escritor. E ele logo pula fora da faculdade para investir numa vida aventureira e desregrada, animada com bebida, haxixe, drogas mais pesadas e as dezenas de girls que vai seduzindo. "A cidade me excita como uma namorada nova", diz.
Depois de um ano de esbórnia em Paris, é hora de voltar para casa. E é essa volta, com escala em Nova York e no Rio, que ele narra em Abacaxi, polvilhada de cenas de sexo ou escatológicas e toda sorte de jorros e fluidos.
Transgressores para a época e ainda capazes de chocar qualquer cidadão, Tanto faz e Abacaxi escancaram o talento de um grande escritor, com seus achados linguísticos, diálogos hilários e um cruzamento vertiginoso e saboroso entre alta e baixa cultura - coisa rara em outros autores até hoje.

Sobre o autor

Vídeo