Home | Livros | Quadrinhos na Cia | NA COLÔNIA PENAL
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

NA COLÔNIA PENAL

Franz Kafka
Tradução: Carol Bensimon

Apresentação

Versão em quadrinhos da clássica novela de Kafka, Na colônia penal narra, em tom de pesadelo, o funcionamento de uma terrível máquina de execuções.

Você pode gostar também de

Quadrinhos na Cia

A divina comédia de Dante

Seymour Chwast

R$ 59,90

Indisponível

Companhia das Letras

O veredicto / Na colônia penal

Franz Kafka

R$ 59,90

Quadrinhos na Cia

O retrato de Dorian Gray

Oscar Wilde Stanislas Gros

R$ 79,90

Quadrinhos na Cia

Toda Rê Bordosa

Angeli

R$ 124,90

Penguin-Companhia

Essencial Franz Kafka

Franz Kafka

R$ 59,90

Quadrinhos na Cia

O lixo da história

Angeli

R$ 84,90

Indisponível

Quadrinhos na Cia

A revolução dos bichos (Edição em quadrinhos)

George Orwell

R$ 84,92

Quadrinhos na Cia

Ordinário

Rafael Sica

R$ 69,90

Indisponível

Quadrinhos na Cia

Aqui

Richard McGuire

R$ 119,90

Indisponível

Quadrinhos na Cia

Guadalupe

Angélica Freitas Odyr

R$ 59,90

Indisponível

Ficha Técnica

Título original: Dans la colonie pénitentiaire Páginas: 56 Formato: 20.50 X 27.00 cm Peso: 0.208 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 05/05/2011
ISBN: 978-85-3591-856-4 Selo: Quadrinhos na Cia Ilustração: Maté

SOBRE O LIVRO

Versão em quadrinhos da clássica novela de Kafka, Na colônia penal narra, em tom de pesadelo, o funcionamento de uma terrível máquina de execuções.

Enviado a uma colônia penal para dar sua opinião sobre os métodos nela empregados, um viajante descobre ali um sistema judiciário bárbaro. Ele assiste a uma execução em que o condenado é preso a uma máquina, que inscreve em seu corpo a sentença, até que a morte venha.
Além dele e do próprio condenado, participam da cena apenas um soldado e o oficial encarregado de ministrar a justiça, o que será feito com o auxílio da máquina, expressamente concebida para que cada condenado sinta na carne o peso e a especificidade da sentença que recebeu.
Com esse texto, que evoca O jardim dos suplícios, do escritor francês Octave Mirbeau, Kafka retrata uma humanidade covarde e indiferente à sua própria violência. Novela cruel e sinistra que foi bastante criticada na época de sua publicação, Na colônia penal nada perdeu de sua pertinência, revelando a atemporalidade da obra de Franz Kafka.

Sobre o autor

Vídeo