Home | Livros | Quadrinhos na Cia | VOCÊ É MINHA MÃE?
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

VOCÊ É MINHA MÃE?

Alison Bechdel
Tradução: Érico Assis

R$ 77,90

/ À vista

Apresentação

Depois de falar da relação com o pai na cultuada graphic-novel Fun Home, Alison Bechdel trata agora de sua mãe, num comovente e divertido acerto de contas com o passado.

Frequentemente comprados juntos

Quadrinhos na Cia

Você é minha mãe?

Alison Bechdel

R$ 77,90

Quadrinhos na Cia

Dois irmãos

Milton Hatoum, Fábio Moon, Gabriel Bá e Fábio Moon e Gabriel Bá

R$ 67,90

Quadrinhos na Cia

Mate minha mãe

Jules Feiffer

R$ 77,90

Preço total de

R$ 223,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Quadrinhos na Cia

Reportagens

Joe Sacco

R$ 67,90

Indisponível

Quadrinhos na Cia

Mate minha mãe

Jules Feiffer

R$ 77,90

Quadrinhos na Cia

Aqui

Richard McGuire

R$ 109,90

Indisponível

Quadrinhos na Cia

Guadalupe

Angélica Freitas Odyr

R$ 54,90

Indisponível

Quadrinhos na Cia

Maus

Art Spiegelman

R$ 84,90

Indisponível

Quadrinhos na Cia

Minha coisa favorita é monstro - Livro 1

Emil Ferris

R$ 154,90

Indisponível

Ficha Técnica

Título original: Are you my mother? Páginas: 304 Formato: 15.20 X 22.80 cm Peso: 0.575 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 06/08/2013
ISBN: 978-85-3592-278-3 Selo: Quadrinhos na Cia Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Depois de falar da relação com o pai na cultuada graphic-novel Fun Home, Alison Bechdel trata agora de sua mãe, num comovente e divertido acerto de contas com o passado.

Em Fun Home, a graphic-novel que alçou Alison Bechdel ao estrelato nos quadrinhos, a autora falava da relação conturbada com o pai, um professor de literatura e gay enrustido que cuidava ainda de uma agência funerária situada na casa da família. A essa história, Bechdel intercalava a narrativa de suas descobertas intelectuais e sexuais - aos dezenove anos, a autora contou à família que era gay -, numa reflexão sobre gênero, família e morte. Fun Home acabou por se tornar um dos quadrinhos mais premiados da última década, tendo sido eleito livro do ano pela revista Time, a única HQ a receber a distinção.
Nesta continuação de Fun Home, Bechdel segue na trilha de seu passado, investigando agora a relação com a mãe, uma atriz amante de música e literatura presa a um casamento infeliz. Num relato emocionante e divertido,
a autora se debruça sobre o abismo que a separa de sua mãe - que parou de tocar
ou beijar a filha antes de dormir, "para sempre", quando ela tinha sete anos - em busca de respostas e de novas perspectivas para o futuro de ambas. Combinando elementos tão díspares quanto a vida e obra do psicanalista Donald Winnicott, uma ilustração do Dr. Seuss e a própria (e monogâmica em série) vida amorosa, Bechdel persegue uma frágil e surpreendente trégua entre ela e a família.

Sobre o autor