Home | Livros | Quadrinhos na Cia | MATE MINHA MÃE
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

MATE MINHA MÃE

Jules Feiffer
Tradução: Érico Assis

R$ 77,90

/ À vista

Apresentação

Em sua primeira graphic novel, o lendário ilustrador e escritor Jules Feiffer injeta energia e vitalidade no gênero.

Frequentemente comprados juntos

Quadrinhos na Cia

Mate minha mãe

Jules Feiffer

R$ 77,90

Quadrinhos na Cia

Você é minha mãe?

Alison Bechdel

R$ 77,90

Quadrinhos na Cia

Aqui

Richard McGuire

R$ 109,90

Preço total de

R$ 265,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Quadrinhos na Cia

Você é minha mãe?

Alison Bechdel

R$ 77,90

Quadrinhos na Cia

Aqui

Richard McGuire

R$ 109,90

Indisponível

Quadrinhos na Cia

Reportagens

Joe Sacco

R$ 67,90

Indisponível

Quadrinhos na Cia

A origem do mundo

Liv Strömquist

R$ 66,32

Quadrinhos na Cia

Minha coisa favorita é monstro - Livro 1

Emil Ferris

R$ 154,90

Indisponível

Quadrinhos na Cia

Ah como era boa a ditadura...

Luiz Gê

R$ 77,90

Quadrinhos na Cia

O chinês americano

Gene Luen Yang

R$ 94,90

Ficha Técnica

Título original: Kill my mother Páginas: 160 Formato: 20.90 X 27.00 cm Peso: 0.578 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 14/08/2015
ISBN: 978-85-3592-550-0 Selo: Quadrinhos na Cia Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Em sua primeira graphic novel, o lendário ilustrador e escritor Jules Feiffer injeta energia e vitalidade no gênero.

Somando-se a uma carreira lendária que inclui um Pulitzer, um Oscar, um Obie e outras homenagens da National Cartoonist Society e do Writers Guild of America, Jules Feiffer apresenta agora sua primeira graphic novel. Mate minha mãe é uma vibrante celebração do cinema noir e dos quadrinhos que embalaram sua juventude. Bebendo de Spirit - HQ em que Will Eisner trabalhou nos anos 1940 -, nas obras de Hammett, Chandler, Cain, John Huston e Billy Wilder, e ainda repleto do humor rápido de Feiffer, o livro conta a história de cinco mulheres formidáveis ligadas fatalmente por um detetive decadente e beberrão. Nesta sua primeira graphic novel, Feiffer injeta energia e vitalidade no gênero. "Uma história frenética, engraçada, comovente, intricada e gloriosa. Melhor impossível." - Neil Gaiman "A maior virada na trama deste melodrama musical duro e realista cheio relacionamentos e trocas de identidade é ver Jules Feiffer - o velho mestre que reinventou a tira de jornal no meio do século XX - se reinventando como um jovem autor de graphic novels." - Art Spiegelman "Mate minha mãe amplia as possibilidades das graphic novels [...], tentando coisas que o cinema noir mal pode sonhar." - Chris Ware "O multitalentoso Jules Feiffer fez de tudo. Vencedor de um Pulitzer, um Oscar e um Obie Award, entre muitos outros, ele agora usa seu talento extraordinário em uma graphic novel. Ninguém escreve como Jules! Ninguém desenha como Jules! Ninguém em sã consciência deve perder este marco monumental desta carreira incrível." - Stan Lee