Home | Livros | Companhia das Letras | DOUTOR FAUSTO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

DOUTOR FAUSTO

Thomas Mann
Tradução: Herbert Caro
Previsão de reimpressão: 03/2024

Apresentação

O romance fáustico de Thomas Mann em nova edição revista, com tradução de Herbert Caro e posfácio de Jorge de Almeida.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Doutor fausto

Thomas Mann

R$ 99,90

Companhia das Letras

A montanha mágica

Thomas Mann

R$ 109,90

Companhia das Letras

Os Buddenbrook

Thomas Mann

R$ 99,90

Preço total de

R$ 309,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Clássicos Zahar

O Mágico de Oz: edição bolso de luxo

L. Frank Baum

R$ 52,90

Indisponível

Clássicos Zahar

O morro dos ventos uivantes: edição comentada

Emily Brontë

R$ 92,90

Alfaguara

Norwegian Wood

Haruki Murakami

R$ 79,90

Companhia de Bolso

Cem dias entre céu e mar

Amyr Klink

R$ 47,90

Indisponível

Zahar

O Seminário, livro 4

Jacques Lacan

R$ 149,90

Companhia das Letras

Freud (1906-1909) - Obras completas volume 8

Sigmund Freud

R$ 87,90

Companhia das Letrinhas

O Homem-Cão: Um conto de dois gatinhos

Dav Pilkey

R$ 54,90

Companhia das Letras

Brasil: uma biografia

Lilia Moritz Schwarcz Heloisa Murgel Starling

R$ 92,90

Indisponível

Companhia de Bolso

Terra sonâmbula

Mia Couto

R$ 47,90

Companhia das Letras

Depois a louca sou eu

Tati Bernardi

R$ 49,90

Ficha Técnica

Título original: Doktor faustus Páginas: 624 Formato: 16.00 X 23.00 cm Peso: 1.045 kg Acabamento: Livro capa dura Lançamento: 23/10/2015
ISBN: 978-85-3592-648-4 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

O romance fáustico de Thomas Mann em nova edição revista, com tradução de Herbert Caro e posfácio de Jorge de Almeida.

Último grande romance de Thomas Mann, Doutor Fausto foi publicado em 1947. O escritor fez uma releitura moderna da lenda de Fausto, na qual a Alemanha trava um pacto com o demônio - uma brilhante alegoria à ascensão do Terceiro Reich e à renúncia do país a sua própria humanidade. O protagonista é o compositor Adrian Leverkühn, um gênio isolado da cultura alemã, que cria uma música radicalmente nova e balança as estruturas da cena artística da época. Em troca de 24 anos de verve musical sem paralelo, ele entrega sua alma e a capacidade de amar as pessoas. Mann faz uma meditação profunda sobre a identidade alemã e as terríveis responsabilidades de um artista verdadeiro.

Sobre o autor