Home | Livros | Companhia de Bolso | TERRA SONÂMBULA
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

TERRA SONÂMBULA

Mia Couto

R$ 47,90

/ À vista

Apresentação

O primeiro romance de Mia Couto é uma aula sobre a arte de contar histórias e sobre a história da guerra civil em Moçambique.

Frequentemente comprados juntos

Companhia de Bolso

Terra sonâmbula

Mia Couto

R$ 47,90

Companhia de Bolso

Nove noites

Bernardo Carvalho

R$ 49,90

Companhia das Letras

Poemas escolhidos de Gregório de Matos

Gregório de Matos

R$ 59,90

Preço total de

R$ 157,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letrinhas

O carteiro encolheu!

Allan Ahlberg

R$ 63,92

Companhia das Letras

O perigo de uma história única

Chimamanda Ngozi Adichie

R$ 42,90

Companhia das Letras

Brasil: uma biografia

Lilia Moritz Schwarcz Heloisa Murgel Starling

R$ 92,90

Indisponível

Companhia das Letras

Freud (1906-1909) - Obras completas volume 8

Sigmund Freud

R$ 87,90

Companhia das Letras

Doutor fausto

Thomas Mann

R$ 99,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

A parte que falta encontra o grande O

Shel Silverstein

R$ 59,90

Companhia das Letras

Outras Américas

Sebastião Salgado

R$ 204,00

Indisponível

Seguinte

A traição

Kiera Cass

R$ 54,90

Ficha Técnica

Título original: Terra sonâmbula (edição de bolso) Páginas: 200 Formato: 12.50 X 18.00 cm Peso: 0.17 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 17/04/2015
ISBN: 978-85-3592-581-4 Selo: Companhia de Bolso Ilustração:

SOBRE O LIVRO

O primeiro romance de Mia Couto é uma aula sobre a arte de contar histórias e sobre a história da guerra civil em Moçambique.

Primeiro romance de Mia Couto, Terra Sonâmbula é uma verdadeira aula sobre a velha arte de contar histórias. No Moçambique pós-independência, mergulhado em uma devastadora guerra civil, um velho e um menino empreendem uma viagem recheada de fantasias míticas.

Um ônibus incendiado em uma estrada poeirenta serve de abrigo ao velho Tuahir e ao menino Muidinga, em fuga da guerra civil devastadora que grassa por toda parte em Moçambique. Como se sabe, depois de dez anos de guerra anticolonial (1965-75), o país do sudeste africano viu-se às voltas com um longo e sangrento conflito interno que se estendeu de 1976 a 1992.
O veículo está cheio de corpos carbonizados. Mas há também um outro corpo à beira da estrada, junto a uma mala que abriga os "cadernos de Kindzu", o longo diário do morto em questão. A partir daí, duas histórias são narradas paralelamente: a viagem de Tuahir e Muidinga, e, em flashback, o percurso de Kindzu em busca dos naparamas, guerreiros tradicionais, abençoados pelos feiticeiros, que são, aos olhos do garoto, a única esperança contra os senhores da guerra.
Terra Sonâmbula - considerado por júri especial da Feira do Livro de Zimbabwe um dos doze melhores livros africanos do século XX - é um romance em abismo, escrito numa prosa poética que remete a Guimarães Rosa. Couto se vale também de recursos do realismo mágico e da arte narrativa tradicional africana para compor esta bela fábula, que nos ensina que sonhar, mesmo nas condições mais adversas, é um elemento indispensável para se continuar vivendo.

* Leitura obrigatória do vestibular da Faculdade Cásper Líbero.

Sobre o autor