Home | Livros | Companhia das Letras | A MONTANHA MÁGICA
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

A MONTANHA MÁGICA

Thomas Mann
Tradução: Herbert Caro

R$ 109,90

/ À vista
ou em até 2x no crédito de R$ 54,95

Apresentação

A aguardada nova edição de A montanha mágica, a obra-prima de Thomas Mann, em tradução revista e com fortuna crítica inédita.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

A montanha mágica

Thomas Mann

R$ 109,90

Companhia das Letras

Doutor fausto

Thomas Mann

R$ 99,90

Companhia das Letras

Os Buddenbrook

Thomas Mann

R$ 99,90

Preço total de

R$ 309,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Brasil: uma biografia

Lilia Moritz Schwarcz Heloisa Murgel Starling

R$ 92,90

Indisponível

Companhia das Letras

Terra sonâmbula

Mia Couto

R$ 64,90

Seguinte

O menino do pijama listrado

John Boyne

R$ 62,90

Paralela

O jogo - Sucesso no TikTok

Elle Kennedy

R$ 59,90

Suma

A dança da morte

Stephen King

R$ 159,90

Companhia das Letras

1984 - Edição especial

George Orwell

R$ 127,90

Paralela

Malibu renasce

Taylor Jenkins Reid

R$ 44,93

Penguin-Companhia

Caixa Homero

Homero

R$ 129,90

Ficha Técnica

Título original: Der zauberberg Páginas: 856 Formato: 16.40 X 23.60 cm Peso: 1.4 kg Acabamento: Livro capa dura Lançamento: 11/11/2016
ISBN: 978-85-3592-820-4 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

A aguardada nova edição de A montanha mágica, a obra-prima de Thomas Mann, em tradução revista e com fortuna crítica inédita.

A aguardada nova edição de A montanha mágica, a obra-prima de Thomas Mann, em tradução revista e com fortuna crítica inédita.

Ansiosamente aguardado pelos leitores brasileiros, volta às livrarias o célebre romance A montanha mágica, a grande obra-prima de Thomas Mann. A nova edição tem tradução de Herbert Caro e posfácio inédito de Paulo Astor Soethe, renomado especialista na obra do autor.
Neste clássico da literatura alemã, Mann renova a tradição do Bildungsroman -- o romance de formação -- a partir da trajetória do jovem engenheiro Hans Castorp. Durante uma inesperada estadia de sete anos em um sanatório para tuberculosos nos Alpes suíços, Hans relaciona-se com uma miríade de personagens enfermos que encarnam os conflitos espirituais e ideológicos que antecedem a Primeira Guerra Mundial.
Lidando com uma variedade de temas -- estados doentios e corpóreos, a arte, o amor, a natureza do tempo e da morte --, este livro, publicado originalmente em 1924, é um dos grandes testamentos literários do século XX e uma das obras inesgotáveis da ficção ocidental.

Sobre o autor