Home | Livros | Companhia das Letras | RESSURREIÇÃO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

RESSURREIÇÃO

Liev Tolstói
Tradução: Rubens Figueiredo

R$ 119,90

/ À vista
ou em até 2x no crédito de R$ 59,95

Apresentação

Último romance do autor, publicado pela primeira vez em 1899.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Ressurreição

Liev Tolstói

R$ 119,90

Companhia das Letras

Anna Kariênina

Liev Tolstói

R$ 139,90

Companhia das Letras

O diabo e outras histórias

Liev Tolstói

R$ 79,90

Preço total de

R$ 339,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Todo amor

Vinicius de Moraes

R$ 99,90

Indisponível

Objetiva

Comédias para se ler na escola

Luis Fernando Verissimo

R$ 69,90

Companhia das Letras

O conto da ilha desconhecida

José Saramago

R$ 69,90

Quadrinhos na Cia

A revolução dos bichos (Edição em quadrinhos)

George Orwell

R$ 99,90

Alfaguara

Travessuras da menina má

Mario Vargas Llosa

R$ 79,90

Companhia das Letras

1984 - Edição especial

George Orwell

R$ 134,90

Ficha Técnica

Título original: Воскресение Páginas: 448 Formato: 16.00 X 23.50 cm Peso: 0.844 kg Acabamento: Livro capa dura Lançamento: 30/10/2020
ISBN: 978-85-3593-320-8 Selo: Companhia das Letras Capa: Kiko Farkas Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Último romance do autor, publicado pela primeira vez em 1899.

No tribunal para compor o júri que vai definir o futuro de Máslova -- prostituta acusada de roubar e envenenar um cliente --, o príncipe Nekhliúdov reconhece a serva por quem, no passado, se apaixonou. Depois de seduzi-la e abandoná-la, ele agora se vê às voltas com a difícil decisão de definir sua sentença. Ao abordar a tensão social, os privilégios da justiça e a situação carcerária, o autor de Guerra e paz e Anna Kariênina narra uma trama fascinante que tem como pano de fundo a Rússia às vésperas da revolução.
Para Natalia Ginzburg, que assina o prefácio desta edição, "nos romances de Tolstói, descoberta e compreensão se desenvolvem e crescem quase sob nossos olhos, num ritmo de festa solene; e cada romance, cada destino de cada personagem se encerra numa festiva e solene celebração da realidade".

Prefácio de Natalia Ginzburg.
Tradução do russo e apresentação de Rubens Figueiredo.

Sobre o autor