Home | Livros | Quadrinhos na Cia | A ROSA MAIS VERMELHA DESABROCHA
CLIQUE PARA AMPLIAR

A ROSA MAIS VERMELHA DESABROCHA

O amor nos tempos do capitalismo tardio ou por que as pessoas se apaixonam tão raramente hoje em dia

Liv Strömquist
Tradução: Kristin Lie Garrubo

R$ 89,90

/ À vista

Apresentação

Depois do sucesso de A origem do mundo, Liv Strömquist está de volta numa poderosa e necessária reflexão sobre o amor na contemporaneidade.

Frequentemente comprados juntos

Quadrinhos na Cia

A rosa mais vermelha desabrocha

Liv Strömquist

R$ 89,90

Quadrinhos na Cia

A origem do mundo

Liv Strömquist

R$ 89,90

Companhia das Letras

O avesso da pele - Vencedor Jabuti 2021

Jeferson Tenório

R$ 74,90

Preço total de

R$ 254,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letrinhas

Romeu e Julieta

Andrew Matthews

R$ 49,90

Indisponível

Brinque-Book

Qual é a cor do amor?

Linda Strachan

R$ 59,90

Companhia das Letras

Sapiens - Edição comemorativa de 10 anos

Yuval Noah Harari

R$ 149,90

Paralela

Procura-se um namorado - Sucesso no TikTok

Alexis Hall

R$ 64,90

Alfaguara

Senhor das Moscas (Nova edição)

William Golding

R$ 59,42

Companhia das Letrinhas

Sete histórias para sacudir o esqueleto

Angela-Lago

R$ 59,90

Companhia das Letras

Por que escrever?

Philip Roth

R$ 99,90

Quadrinhos na Cia

Sapiens (Edição em quadrinhos): Os pilares da civilização

Yuval Noah Harari

R$ 109,90

Quadrinhos na Cia

A origem do mundo

Liv Strömquist

R$ 89,90

Ficha Técnica

Título original: Den rödaste rosen slår ut Páginas: 176 Formato: 19.70 X 27.00 cm Peso: 0.458 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 05/04/2021
ISBN: 978-85-3593-429-8 Selo: Quadrinhos na Cia Ilustração: Liv Strömquist

SOBRE O LIVRO

Depois do sucesso de A origem do mundo, Liv Strömquist está de volta numa poderosa e necessária reflexão sobre o amor na contemporaneidade.

Podemos controlar o amor? O que realmente acontece quando ele acaba? Como o amor deixou de ser considerado uma força misteriosa para se tornar algo racionalmente explicável? Por que procuramos ser mais amados do que amar?
Com muito humor e inteligência, e o título emprestado de um verso da poeta norte-americana Hilda Doolittle, A rosa mais vermelha desabrocha examina as engrenagens do amor nos tempos do capitalismo tardio. A partir de histórias como a de Sócrates, que traiu Alcibíades há mais de dois mil anos, ou a de Teseu, que abandonou a amada Ariadne de uma hora para outra na ilha de Naxos, e com a ajuda de Beyoncé, do filósofo Sören Kierkegaard, dos smurfs, da namorada alucinada de Lorde Byron, de Platão, de Jabba de Star Wars, e de outros especialistas na arte de amar, a artista sueca Liv Strömquist mais uma vez desconstrói mitos e se afirma como uma das quadrinistas mais relevantes da atualidade.

Sobre o autor