Home | Livros | Zahar | HAMLET OU AMLETO?
CLIQUE PARA AMPLIAR

HAMLET OU AMLETO?

Shakespeare para jovens curiosos e adultos preguiçosos

Rodrigo Lacerda

R$ 62,90

/ À vista

Frequentemente comprados juntos

Zahar

Hamlet ou Amleto?

Rodrigo Lacerda

R$ 62,90

Seguinte

O amor nos tempos do blog

Vinicius Campos

R$ 49,90

Companhia das Letras

Nove ensaios dantescos & a memória de Shakespeare

Jorge Luis Borges

R$ 49,90

Preço total de

R$ 162,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Clássicos Zahar

Mitos gregos I: edição ilustrada

Nathaniel Hawthorne

R$ 62,90

Pequena Zahar

Mandela

Alain Serres Zaü

R$ 64,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

Nós

Mauricio Negro

R$ 57,90

Indisponível

Seguinte

O amor nos tempos do blog

Vinicius Campos

R$ 49,90

Indisponível

Companhia das Letras

A república das abelhas

Rodrigo Lacerda

R$ 72,90

Quadrinhos na Cia

Maus

Art Spiegelman

R$ 84,90

Indisponível

Clássicos Zahar

O conde de Monte Cristo: edição comentada e ilustrada

Alexandre Dumas

R$ 214,90

Zahar

Churchill & Orwell

Thomas E. Ricks

R$ 82,90

Companhia das Letras

Grande sertão: veredas

João Guimarães Rosa

R$ 99,90

Clássicos Zahar

O melhor do teatro grego: edição comentada

Aristófanes Ésquilo Eurípides Sófocles

R$ 92,90

Ficha Técnica

Páginas: 296 Formato: 16.00 X 23.00 cm Peso: 0.418 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 26/02/2015
ISBN: 978-85-3781-391-1 Selo: Zahar Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Um guia que conduz o leitor numa jornada irresistível pelo universo shakespeariano e por um dos textos mais importantes e centrais do teatro e da nossa cultura

O premiado escritor Rodrigo Lacerda faz uma adaptação que não apenas reconta a história do príncipe Hamlet, tal qual Shakespeare a escreveu, mas põe o jovem leitor curioso (e também o adulto preguiçoso) em contato direto com a força de sua poesia dramática.

Muito mais que uma simples adaptação, o que temos é, de fato, um guia para Hamlet. O autor apresenta o original de Shakespeare - informando, comentando e mergulhando em todas as referências sobre cada ato e cena da peça - e o costura com a sua própria narrativa moderna e em linguagem contemporânea da história do príncipe dinamarquês.

Como diz Luis Fernando Verissimo no texto de quarta capa, "o que o Rodrigo fez não foi Shakespeare para os simples, foi ajudar a vencer os obstáculos e ir direto ao inesquecível, o fantástico e o poético. Hamlet depurado, um atalho para o encantamento".

Ao final, o livro traz um apêndice com três breves seções onde Lacerda indica e lista: "Hamlets que li", "Hamlets que vi" e os "Elogios, críticas, paródias e anedotas sobre Hamlet".