Home | Livros | Companhia das Letras | A REPÚBLICA DAS ABELHAS
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

A REPÚBLICA DAS ABELHAS

Rodrigo Lacerda

R$ 79,90

/ À vista

Apresentação

Neste romance histórico surpreendente, é o próprio Carlos Lacerda quem recria os bastidores de sua história, da história de sua família e do país.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

A república das abelhas

Rodrigo Lacerda

R$ 79,90

Companhia das Letras

Meio sol amarelo (Nova capa)

Chimamanda Ngozi Adichie

R$ 94,90

Companhia das Letras

Judas

Amós Oz

R$ 89,90

Preço total de

R$ 264,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Ficha Técnica

Título original: A república das abelhas: Carlos Lacerda Páginas: 520 Formato: 16.00 X 23.00 cm Peso: 0.79 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 22/11/2013
ISBN: 978-85-3592-352-0 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Neste romance histórico surpreendente, é o próprio Carlos Lacerda quem recria os bastidores de sua história, da história de sua família e do país.

Carlos Lacerda foi o político mais controverso de sua época. Para uns, foi salvador da pátria. Para outros, reacionário feroz. Seu pai, seus tios e seu avô tiveram participação igualmente decisiva nos principais lances da política brasileira, da Primeira República ao suicídio de Getúlio Vargas, em 1954.
Por volta de 1870, abolicionista e republicano, Sebastião de Lacerda entrou na vida pública. Entre 1910 e 1940, Maurício, seu filho mais velho, tornara-se um socialista utópico na Primeira República. Seus outros dois filhos, Fernando e Paulo, chegaram a secretários-gerais do Partido Comunista. Entre 1930 e 1960, seu neto, Carlos Lacerda, percorreu todo o espectro político, consolidando-se como o principal adversário de Getúlio e, em seguida, do getulismo.
Ao lado de republicanos, abolicionistas, liberais, socialistas, comunistas, explosivos, admirados, idealistas e destruidores sistemáticos, eles formam a República das abelhas, descrita com brilho por um dos prosadores mais inventivos da literatura brasileira contemporânea.