Home | Livros | Objetiva | A CIVILIZAÇÃO DO ESPETÁCULO
CLIQUE PARA AMPLIAR

A CIVILIZAÇÃO DO ESPETÁCULO

Uma radiografia do nosso tempo e da nossa cultura

Mario Vargas Llosa
Tradução: Ivone Benedetti

R$ 79,90

/ À vista

Apresentação

Uma dura radiografia do nosso tempo e da nossa cultura pelo olhar inconformista do premiado escritor Mario Vargas Llosa.

Frequentemente comprados juntos

Objetiva

A civilização do espetáculo

Mario Vargas Llosa

R$ 79,90

Alfaguara

A guerra do fim do mundo

Mario Vargas Llosa

R$ 119,90

Objetiva

O chamado da tribo

Mario Vargas Llosa

R$ 79,90

Preço total de

R$ 279,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Objetiva

O chamado da tribo

Mario Vargas Llosa

R$ 79,90

Alfaguara

A guerra do fim do mundo

Mario Vargas Llosa

R$ 119,90

Alfaguara

A cidade e os cachorros

Mario Vargas Llosa

R$ 89,90

Indisponível

Alfaguara

Cinco esquinas

Mario Vargas Llosa

R$ 69,90

Alfaguara

A tentação do impossível

Mario Vargas Llosa

R$ 64,90

Indisponível

Alfaguara

Tempos ásperos

Mario Vargas Llosa

R$ 79,90

Companhia das Letras

O jogo da amarelinha

Julio Cortázar

R$ 124,90

Alfaguara

A festa do bode

Mario Vargas Llosa

R$ 94,90

Alfaguara

Travessuras da menina má

Mario Vargas Llosa

R$ 79,90

Companhia das Letras

Grande sertão: veredas

João Guimarães Rosa

R$ 94,41

Alfaguara

Conversa no catedral

Mario Vargas Llosa

R$ 104,90

Ficha Técnica

Páginas: 208 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.271 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 21/06/2013
ISBN: 978-85-3900-494-2 Selo: Objetiva Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Uma dura radiografia do nosso tempo e da nossa cultura pelo olhar inconformista do premiado escritor Mario Vargas Llosa.

A banalização das artes e da literatura, o triunfo do jornalismo sensacionalista e a frivolidade da política são sintomas de um mal maior que afeta a sociedade contemporânea: a ideia temerária de converter em bem supremo nossa natural propensão a nos divertirmos. No passado, a cultura foi uma espécie de consciência que impedia que virássemos as costas para a realidade. Agora, atua como mecanismo de distração e entretenimento. A figura do intelectual, que estruturou todo o século XX, hoje desapareceu do debate público. Ainda que alguns assinem manifestos e se envolvam em polêmicas, sua repercussão na sociedade é mínima. Conscientes desta situação, muitos optaram pelo silêncio. A civilização do espetáculo é uma dura radiografia do nosso tempo e da nossa cultura pelo olhar inconformista de Mario Vargas Llosa.

Sobre o autor