Home | Livros | Objetiva | O CHAMADO DA TRIBO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

O CHAMADO DA TRIBO

Grandes pensadores para o nosso tempo

Mario Vargas Llosa
Tradução: Paulina Wacht e Ari Roitman

R$ 79,90

/ À vista

Apresentação

Neste ensaio, Mario Vargas Llosa, prêmio Nobel de Literatura, apresenta as leituras que moldaram seu pensamento nos últimos cinquenta anos.

Frequentemente comprados juntos

Objetiva

O chamado da tribo

Mario Vargas Llosa

R$ 79,90

Companhia das Letras

Sobre o autoritarismo brasileiro

Lilia Moritz Schwarcz

R$ 79,90

Companhia das Letras

O povo contra a democracia

Yascha Mounk

R$ 99,90

Preço total de

R$ 259,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Sobre o autoritarismo brasileiro

Lilia Moritz Schwarcz

R$ 79,90

Companhia das Letras

O povo contra a democracia

Yascha Mounk

R$ 99,90

Companhia das Letras

Caminhos da esquerda - Elementos para uma reconstrução

Ruy Fausto

R$ 59,90

Companhia das Letras

A revolução dos bichos

George Orwell

R$ 23,92

Objetiva

A civilização do espetáculo

Mario Vargas Llosa

R$ 79,90

Companhia das Letras

O jogo da amarelinha

Julio Cortázar

R$ 106,17

Quadrinhos na Cia

A revolução dos bichos (Edição em quadrinhos)

George Orwell

R$ 99,90

Alfaguara

Cinco esquinas

Mario Vargas Llosa

R$ 69,90

Companhia das Letras

Máquinas como eu

Ian McEwan

R$ 79,90

Companhia das Letras

Pequeno manual antirracista

Djamila Ribeiro

R$ 44,90

Ficha Técnica

Páginas: 216 Formato: 16.00 X 23.00 cm Peso: 0.342 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 13/06/2019
ISBN: 978-85-4700-087-5 Selo: Objetiva Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Neste ensaio, Mario Vargas Llosa, prêmio Nobel de Literatura, apresenta as leituras que moldaram seu pensamento nos últimos cinquenta anos.

O autor do prêmio Nobel selecionou os sete pensadores liberais que o ajudaram a desenvolver um novo conjunto de ideias após uma grande decepção: o desencanto com a Revolução Cubana e o distanciamento das ideias de Jean-Paul Sartre, o autor que mais o inspirou na juventude.

Vargas Llosa estabelece um diálogo denso e detalhado com os pensadores que formaram sua base de leitura durante seus anos de frustração: Adam Smith, José Ortega y Gasset, Friedrich Hayek, Karl Popper, Raymond Aron, Isaiah Berlin e Jean-François Revel. A partir desses autores, Vargas Llosa conheceu uma tradição de pensamento que favorece o indivíduo frente à tribo, à nação, à classe ou ao partido, e que defende a liberdade de expressão como um valor fundamental para o exercício da democracia. O chamado da tribo é a autobiografia intelectual de um dos maiores escritores dos nossos tempos.

"A doutrina liberal representou desde a sua origem as formas mais avançadas de cultura democrática e a que mais tem nos defendido do inextinguível 'chamado da tribo'. Este livro quer contribuir com um grãozinho de areia para essa indispensável tarefa."

Sobre o autor