Home | Livros | Objetiva | MIL DIAS DE TORMENTA
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

MIL DIAS DE TORMENTA

A crise que derrubou Dilma e deixou Temer por um fio

Bernardo Mello Franco

R$ 74,90

/ À vista

Apresentação

Entre janeiro de 2015 e outubro de 2017, o Brasil viveu em estado de convulsão permanente, em uma espiral de escândalos que desafiou as melhores análises e previsões. Esses mais de mil dias de crise foram testemunhados de perto pelo jornalista Bernardo Mello Franco, em suas colunas na Folha de S.Paulo, agora reunidas em livro.

Frequentemente comprados juntos

Objetiva

Mil dias de tormenta

Bernardo Mello Franco

R$ 74,90

Companhia das Letras

Dinheiro, eleições e poder

Bruno Carazza

R$ 82,90

Companhia das Letras

O lulismo em crise

André Singer

R$ 72,90

Preço total de

R$ 230,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Dinheiro, eleições e poder

Bruno Carazza

R$ 82,90

Companhia das Letras

O lulismo em crise

André Singer

R$ 72,90

Companhia das Letras

Presidencialismo de coalizão

Sérgio Abranches

R$ 82,90

Indisponível

Objetiva

Devassos no Paraíso (4ª edição, revista e ampliada)

João Silvério Trevisan

R$ 87,90

Companhia das Letras

Brasil: uma biografia

Lilia Moritz Schwarcz Heloisa Murgel Starling

R$ 92,90

Indisponível

Companhia das Letras

Ser republicano no Brasil colônia

Heloisa Murgel Starling

R$ 82,90

Objetiva

1968: O ano que não terminou (Edição especial)

Zuenir Ventura

R$ 77,90

Objetiva

O poder da alta performance

Brendon Burchard

R$ 74,90

Objetiva

O poder da inteligência emocional

Daniel Goleman Richard Boyatzis Annie McKee

R$ 74,90

Objetiva

Escola brasileira de futebol

Paulo Vinícius Coelho (PVC)

R$ 57,90

Indisponível

Ficha Técnica

Páginas: 408 Formato: 16.00 X 23.00 cm Peso: 0.062 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 16/08/2018
ISBN: 978-85-4700-067-7 Selo: Objetiva Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Entre janeiro de 2015 e outubro de 2017, o Brasil viveu em estado de convulsão permanente, em uma espiral de escândalos que desafiou as melhores análises e previsões. Esses mais de mil dias de crise foram testemunhados de perto pelo jornalista Bernardo Mello Franco, em suas colunas na Folha de S.Paulo, agora reunidas em livro.

Entre janeiro de 2015 e outubro de 2017, o Brasil viveu em estado de convulsão permanente, em uma espiral de escândalos que desafiou as melhores análises e previsões. Esses mais de mil dias de crise foram testemunhados de perto pelo jornalista Bernardo Mello Franco, em suas colunas na Folha de S.Paulo, agora reunidas em livro.No final de 2014, os eventos que mais tarde redundariam no impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff começaram a asfixiar o governo. A Operação Lava Jato, a degradação da economia, a perda de importantes aliados, tudo isso levou o Partido dos Trabalhadores a uma encruzilhada. A polarização tomou conta das ruas, da internet, da mídia. A conspiração que derrubou Dilma teve em seu vice-presidente o principal articulador. Michel Temer soube arregimentar os parceiros certos e Dilma foi afastada. Mas a travessia de Temer também foi conturbada – líder de um governo frágil e considerado ilegítimo por muitos, se tornou o presidente com a menor popularidade da história brasileira. Ainda que pressionado por sérias denúncias criminais, corroboradas por gravações reveladoras, continuou obstinadamente agarrado ao poder.Diariamente, Bernardo Mello Franco testemunhava, em sua coluna, a sucessão de acontecimentos. Este livro começa em 1o de janeiro de 2015, quando Dilma Rousseff tomou posse como presidente pela segunda vez. Os fatos se sucederam em ritmo veloz, com desfechos inesperados. As colunas deste volume vão até o fim de outubro de 2017, quando a Câmara arquivou a segunda ação criminal contra Temer.Um trabalho memorável, Mil dias de tormenta já nasce como um documento de nossa história recente, um registro de impressionante lucidez em meio ao clima explosivo que tem tomado conta do país.

Sobre o autor