Home | Livros | Alfaguara | UM ROMANCE RUSSO (NOVA EDIÇÃO)
CLIQUE PARA AMPLIAR

UM ROMANCE RUSSO (NOVA EDIÇÃO)

Emmanuel Carrère
Tradução: André Telles

R$ 89,90

/ À vista

Apresentação

Emmanuel Carrère constrói uma narrativa ficcional autobiográfica que foge dos padrões tradicionais, revelando ao leitor sem disfarces ou atenuantes seus enganos, suas crises de ciúme, seus fantasmas familiares. Um livro raro na literatura contemporânea.

Frequentemente comprados juntos

Alfaguara

Um romance russo (Nova edição)

Emmanuel Carrère

R$ 89,90

Zahar

Alguma vez é só sexo?

Darian Leader

R$ 99,90

Companhia das Letras

Tese sobre uma domesticação

Camila Sosa Villada

R$ 69,90

Preço total de

R$ 259,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Big Loura e outras histórias de Nova York (Nova edição)

Dorothy Parker

R$ 79,90

Companhia das Letras

Tese sobre uma domesticação

Camila Sosa Villada

R$ 69,90

Companhia das Letras

Eu vou, tu vais, ele vai

Jenny Erpenbeck

R$ 109,90

Companhia das Letras

O ouvidor do Brasil

Ruy Castro

R$ 69,90

Companhia das Letras

O gosto da guerra (Edição revista e ampliada)

José Hamilton Ribeiro

R$ 99,90

Zahar

Alguma vez é só sexo?

Darian Leader

R$ 99,90

Suma

Quem vai te ouvir gritar

Vários autores

R$ 84,90

Companhia das Letras

O país dos privilégios - Volume 1

Bruno Carazza

R$ 94,90

Ficha Técnica

Título original: Un Roman Russe Páginas: 248 Formato: 15.00 X 23.20 cm Peso: 0.37 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 18/06/2024
ISBN: 978-85-5652-223-8 Selo: Alfaguara Capa: Violaine Cadinot Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Emmanuel Carrère constrói uma narrativa ficcional autobiográfica que foge dos padrões tradicionais, revelando ao leitor sem disfarces ou atenuantes seus enganos, suas crises de ciúme, seus fantasmas familiares. Um livro raro na literatura contemporânea.

O personagem principal deste impressionante romance, o próprio Emmanuel Carrère, viaja aos confins da Rússia para rodar um documentário sobre a vida de um prisioneiro húngaro esquecido em um hospital psiquiátrico desde a Segunda Guerra Mundial. Mas essa jornada o levará mais longe: além de mergulhar numa Rússia profunda e desconhecida, ele enfrentará segredos de família e histórias de dor e traição que nunca foram bem explicadas.
Enquanto se debate com esse passado proibido e a luta para fazer um documentário sobre a viagem, que se torna cada vez mais caótico, sua relação com a nova mulher, Sophie, começa a ruir. Dominado pelo ciúme e pela fúria, ele será capaz de destruir a mulher que tanto ama.
Unindo essas três histórias, Carrère constrói um retrato sincero de um homem em busca de redenção.


"Uma obra de tristeza infinita, ciúme infernal e paixão violenta." -- Le Monde


"Um romance russo é a expressão mais precisa do que um homem pode dizer de si mesmo." -- Le Soir


"Carrère escreve uma obra-prima atrás da outra." -- The New York Times

Sobre o autor