Home | Livros | Companhia das Letras | A ORELHA DE VAN GOGH
CLIQUE PARA AMPLIAR

A ORELHA DE VAN GOGH

Moacyr Scliar

R$ 57,90

/ À vista

Apresentação

Contos que fascinam por sua simplicidade formal, vizinha da parábola bíblica e do fabulário judaico, porém acrescida de um humor sutil e melancólico, do tipo que faz rir com paradoxos freqüentemente cruéis. Prêmio Casa de Las Américas.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

A orelha de Van Gogh

Moacyr Scliar

R$ 57,90

Companhia das Letras

A paixão transformada

Moacyr Scliar

R$ 72,90

Companhia das Letras

Beethoven era 1/16 negro

Nadine Gordimer

R$ 62,90

Preço total de

R$ 193,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Sonhos tropicais

Moacyr Scliar

R$ 49,90

Indisponível

Companhia das Letras

A paixão transformada

Moacyr Scliar

R$ 72,90

Indisponível

Companhia das Letras

Os vendilhões do templo

Moacyr Scliar

R$ 72,90

Companhia de Bolso

O centauro no jardim

Moacyr Scliar

R$ 44,90

Companhia de Bolso

A majestade do Xingu

Moacyr Scliar

R$ 42,90

Companhia das Letras

Eu vos abraço milhões

Moacyr Scliar

R$ 62,90

Companhia de Bolso

A mulher que escreveu a Bíblia

Moacyr Scliar

R$ 42,90

Companhia das Letras

O centauro no jardim

Moacyr Scliar

R$ 57,90

Indisponível

Companhia das Letras

Negociação e conflito

João José Reis Eduardo Silva

R$ 39,90

Indisponível

Companhia das Letras

A nossa frágil condição humana

Moacyr Scliar

R$ 67,90

Companhia das Letras

Território da emoção

Moacyr Scliar

R$ 57,90

Companhia das Letras

Os leopardos de Kafka

Moacyr Scliar

R$ 62,90

Indisponível

Ficha Técnica

Título original: A orelha de Van Gogh Páginas: 168 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.203 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 16/06/1989
ISBN: 978-85-7164-048-1 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Contos que fascinam por sua simplicidade formal, vizinha da parábola bíblica e do fabulário judaico, porém acrescida de um humor sutil e melancólico, do tipo que faz rir com paradoxos freqüentemente cruéis. Prêmio Casa de Las Américas.

Moacyr Scliar pode ser lido em doze idiomas, proeza em si espantosa para um autor brasileiro distante do pitoresco tropical, da saga político-social e das fórmulas consagradas do "realismo mágico" clássico. A orelha de Van Gogh ganhou o prêmio Casa de Las Américas, talvez o mais importante no âmbito da América hispano-portuguesa.Os contos de A orelha de Van Gogh espantam pela simplicidade formal, vizinha da parábola bíblica e do fabulário judaico, só que acrescida de um humor sutil e algo melancólico, do tipo que faz rir à mente a partir da construção de paradoxos muitas vezes cruéis. Tal é o caso, por exemplo, do conto que dá nome ao livro, modelo deconcisão e ironia, onde uma situação humana quase trágica, tensionada por um detalhe mórbido, produz uma verdadeira "bofetada metafísica" no leitor, para usar expressão muito cara a Julio Cortázar."Os leitores estão convocados a descobrir os prazeres da obra deste mestre brasileiro."New York Times

Sobre o autor