Home | Livros | Companhia de Bolso | A MAJESTADE DO XINGU
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

A MAJESTADE DO XINGU

Moacyr Scliar

R$ 54,90

/ À vista

Apresentação

Com sua prosa concisa, o autor associa magistralmente humor e lirismo nas memórias de um imigrante judeu russo, contrapondo uma vida insignificante aos grandes feitos do "amigo dos índios" Noel Nutels, seu suposto companheiro de viagem na vinda para o Brasil.

Frequentemente comprados juntos

Companhia de Bolso

A majestade do Xingu

Moacyr Scliar

R$ 54,90

Companhia de Bolso

O processo

Franz Kafka

R$ 54,90

Penguin-Companhia

Mrs. Dalloway

Virginia Woolf

R$ 49,90

Preço total de

R$ 159,70

Adicionar ao carrinho
O centauro no jardim

Companhia de Bolso

O centauro no jardim

Moacyr Scliar

R$ 49,90

A mulher que escreveu a Bíblia

Companhia de Bolso

A mulher que escreveu a Bíblia

Moacyr Scliar

R$ 49,90

Eu vos abraço milhões

Companhia das Letras

Eu vos abraço milhões

Moacyr Scliar

R$ 74,90

Os vendilhões do templo

Companhia das Letras

Os vendilhões do templo

Moacyr Scliar

R$ 79,90

Terra sonâmbula

Companhia de Bolso

Terra sonâmbula

Mia Couto

R$ 49,90

Território da emoção

Companhia das Letras

Território da emoção

Moacyr Scliar

R$ 74,90

A orelha de Van Gogh

Companhia das Letras

A orelha de Van Gogh

Moacyr Scliar

R$ 69,90

Sonhos tropicais

Companhia das Letras

Sonhos tropicais

Moacyr Scliar

R$ 49,90

Indisponível
Os manuscritos do mar morto

Companhia de Bolso

Os manuscritos do mar morto

Edmund Wilson

R$ 59,90

Indisponível

Ficha Técnica

Título original: A majestade do Xingu (edição de bolso) Páginas: 208 Formato: 12.50 X 18.00 cm Peso: 0.175 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 17/04/2009
ISBN: 978-85-3591-438-2 Selo: Companhia de Bolso Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Com sua prosa concisa, o autor associa magistralmente humor e lirismo nas memórias de um imigrante judeu russo, contrapondo uma vida insignificante aos grandes feitos do "amigo dos índios" Noel Nutels, seu suposto companheiro de viagem na vinda para o Brasil.

A majestade do Xingu é uma história de imigrantes, de russos, de judeus, de comunistas, de índios, de Noel Nutels, de pequenos comerciantes, de várias formas de ser brasileiro, de pais e mães, de filhos e amigos, de diferentes qualidades de amor e ódio, de cartas que não escrevemos, de lutas contra a dor. Dando voz a um dono de armarinho que dispersou afetos entre miudezas empoeiradas, Moacyr Scliar enlaça todas as histórias neste romance. Elas às vezes nos fazem rir, sempre nos confrontam com uma melancolia irremediável e se incorporam à nossa experiência de leitores de forma definitiva.

Sobre o autor