CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

O MURO

Peter Sís
Tradução: Érico Assis

R$ 52,90

/ À vista

Apresentação

Imagine crescer em um lugar de onde não se pode sair, em que tudo é regulado ou proibido, até mesmo desenhar. Peter Sís fala de sua própria experiência narrando, com traços e memórias, o seu dia a dia no lado oriental e comunista da Cortina de Ferro durante a Guerra Fria, e nos conta como, através da arte, alcançou o sonho de ser livre.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letrinhas

O muro

Peter Sís

R$ 52,90

Companhia das Letrinhas

Noite vira dia

Richard McGuire

R$ 54,90

Companhia das Letrinhas

Malala e seu lápis mágico

Malala Yousafzai

R$ 57,90

Preço total de

R$ 165,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letrinhas

A conferência dos pássaros

Peter Sís

R$ 54,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

Férias com sorvete

Peter Sís

R$ 47,90

Companhia das Letrinhas

O piloto e o pequeno príncipe

Peter Sís

R$ 52,90

Companhia das Letrinhas

Malala e seu lápis mágico

Malala Yousafzai

R$ 57,90

Companhia das Letrinhas

Malala, a menina que queria ir para a escola

Adriana Carranca

R$ 49,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

Histórias à brasileira, vol. 1

Ana Maria Machado

R$ 59,90

Companhia das Letrinhas

O compositor está morto

Lemony Snicket

R$ 57,90

Companhia das Letrinhas

Pequeno manual de peixes marinhos e outras maravilhas aquáticas

Beatriz Chachamovits

R$ 59,90

Ficha Técnica

Título original: The wall Páginas: 56 Formato: 22.60 X 30.00 cm Peso: 0.27 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 02/10/2012
ISBN: 978-85-7406-548-9 Selo: Companhia das Letrinhas Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Imagine crescer em um lugar de onde não se pode sair, em que tudo é regulado ou proibido, até mesmo desenhar. Peter Sís fala de sua própria experiência narrando, com traços e memórias, o seu dia a dia no lado oriental e comunista da Cortina de Ferro durante a Guerra Fria, e nos conta como, através da arte, alcançou o sonho de ser livre.

Com o final da Segunda Guerra Mundial, a Tchecoslováquia continuou sendo um país ocupado: os alemães foram embora mas os russos ficaram em seu lugar. Com o aumento das tensões entre a Europa oriental e o ocidente, as fronteiras que separavam comunistas e capitalistas foram reforçadas com cercas e muros, criando a chamada Cortina de Ferro.
Atrás dela, no lado comunista, viviam muitas pessoas que sonhavam com a liberdade, como era o caso de Peter Sís, que cresceu cercado de proibições e regras políticas. Unindo memória e história, texto e traço, Sís, que em 2012 ganhou o Hans Christian Andersen, maior prêmio de literatura infantil, conta a sua história desde a infância até os anos da adolescência, quando as novidades do oeste aos poucos conseguem burlar a censura para entrar no país, e as barreiras parecem começar a cair. Peter e seus amigos descobrem a calça jeans, a Coca-Cola, a poesia beat, o rock'n'roll, os Beatles, e são atraídos por tudo aquilo que até então era proibido - e que simboliza o mundo livre. Bem nessa época os soviéticos restabelecem o controle totalitário, e Sís, sem outra saída, fecha-se em sua imaginação. Ainda bem que, anos mais tarde, ele pode torná-la pública, em livros marcantes como este aqui.

Vídeo