Home | Livros | Companhia das Letrinhas | O LAGO SECOU
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

O LAGO SECOU

Klaus Klump

Autor: Anthony Doyle
Ilustrador: Larissa Ribeiro
Tradução: Érico Assis

Apresentação

O lago do povoado onde a menina morava se transformou em lama, por causa da falta de chuvas, e assim ela resolveu procurar outro lugar para nadar e saiu em busca do mar. Nesta jornada divertida, ela descobre muitos segredos sobre a vida e o crescimento - segredos esses que só uma aventura como esta poderia lhe revelar.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letrinhas

O lago secou

Anthony Doyle

R$ 52,90

Companhia das Letrinhas

A maravilhosa ponte do meu irmão

Ana Maria Machado

R$ 52,90

Companhia das Letrinhas

O amor pega feito um bocejo

Antonio Geraldo Figueiredo Ferreira

R$ 52,90

Preço total de

R$ 158,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letrinhas

Como ser babá do vovô

Jean Reagan

R$ 39,92

Companhia das Letrinhas

A conferência dos pássaros

Peter Sís

R$ 54,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

O voo do golfinho

Ondjaki

R$ 49,90

Companhia das Letrinhas

O compositor está morto

Lemony Snicket

R$ 57,90

Companhia das Letrinhas

Juca e os anões amarelos

Jostein Gaarder

R$ 49,90

Companhia das Letrinhas

Ciência em versos

Jon Scieszka

R$ 52,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

Do outro lado tem segredos

Ana Maria Machado

R$ 59,90

Ficha Técnica

Título original: O lago secou Páginas: 48 Formato: 21.00 X 26.00 cm Peso: 0.17 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 24/10/2012
ISBN: 978-85-7406-550-2 Selo: Companhia das Letrinhas Ilustração: Larissa Ribeiro

SOBRE O LIVRO

O lago do povoado onde a menina morava se transformou em lama, por causa da falta de chuvas, e assim ela resolveu procurar outro lugar para nadar e saiu em busca do mar. Nesta jornada divertida, ela descobre muitos segredos sobre a vida e o crescimento - segredos esses que só uma aventura como esta poderia lhe revelar.

Era uma vez uma menina que adorava nadar. Depois de tanto se divertir no lago do vilarejo onde morava, veio a seca, e ela resolveu enfrentar um longo caminho até o mar, aquele lugar misterioso e infinito onde poderia nadar para sempre.
E assim conheceu um bode muito sábio, uma cobra fingida que só ela, um macaco pra lá de medroso e muitos outros animais, que mostraram a ela que a vida - assim como o mar - podia ser muito maior, mais imprevisível e emocionante.

Sobre o autor