Home | Livros | Alfaguara | O SONHO DO CELTA
CLIQUE PARA AMPLIAR

O SONHO DO CELTA

Mario Vargas Llosa
Tradução: Paulina Wacht e Ari Roitman

R$ 89,90

/ À vista

Apresentação

Mario Vargas Llosa reconstrói, de forma brilhante, a controversa jornada de um homem que denunciou a barbárie da colonização e se voltou contra seus próprios governantes.

Frequentemente comprados juntos

Alfaguara

O sonho do celta

Mario Vargas Llosa

R$ 89,90

Alfaguara

A guerra do fim do mundo

Mario Vargas Llosa

R$ 119,90

Alfaguara

Pantaleão e as visitadoras

Mario Vargas Llosa

R$ 74,90

Preço total de

R$ 284,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Alfaguara

A festa do bode

Mario Vargas Llosa

R$ 94,90

Alfaguara

A guerra do fim do mundo

Mario Vargas Llosa

R$ 119,90

Alfaguara

Lituma nos Andes

Mario Vargas Llosa

R$ 74,90

Alfaguara

A casa verde

Mario Vargas Llosa

R$ 89,90

Indisponível

Alfaguara

O herói discreto

Mario Vargas Llosa

R$ 79,90

Alfaguara

Tia Julia e o escrevinhador

Mario Vargas Llosa

R$ 89,90

Alfaguara

Cinco esquinas

Mario Vargas Llosa

R$ 69,90

Alfaguara

Pantaleão e as visitadoras

Mario Vargas Llosa

R$ 74,90

Alfaguara

A tentação do impossível

Mario Vargas Llosa

R$ 64,90

Indisponível

Alfaguara

Conversa no catedral

Mario Vargas Llosa

R$ 104,90

Alfaguara

A cidade e os cachorros

Mario Vargas Llosa

R$ 89,90

Indisponível

Alfaguara

Os chefes e os filhotes

Mario Vargas Llosa

R$ 64,90

Ficha Técnica

Páginas: 392 Formato: 15.00 X 23.40 cm Peso: 0.578 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 20/04/2011
ISBN: 978-85-7962-067-6 Selo: Alfaguara Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Mario Vargas Llosa reconstrói, de forma brilhante, a controversa jornada de um homem que denunciou a barbárie da colonização e se voltou contra seus próprios governantes.

Em O sonho do celta, Mario Vargas Llosa volta à forma do romance histórico para narrar a saga de Roger Casement, um personagem complexo, muitas vezes controverso. Irlandês a serviço do Império Britânico, Casement conheceu a violência da colonização na África e na América do Sul no começo do século XX. Ao denunciar os abusos e os maus-tratos contra colonos, passou a valorizar a liberdade acima de tudo. E, em nome da liberdade, voltou-se contra seu próprio governo. Em 1916, encarcerado em um presídio de segurança máxima em Londres, Roger é acusado pelo governo inglês de alta traição e aguarda sua sentença. Apenas cinco anos antes, havia sido nomeado Cavalheiro. Agora, abandonado por quase todos os amigos, difamado pela opinião pública, corre o risco de ser executado. Vargas Llosa recria a jornada de Casement - das atrocidades no Congo Belga, passando pela exploração da borracha na Amazônia, até a luta pela independência da Irlanda - e compõe um livro magistral sobre coragem e superação.

Sobre o autor