Home | Livros | Penguin-Companhia | IRACEMA
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

R$ 49,90

/ À vista

Apresentação

O romance que construiu uma representação mítica do Brasil. Um clássico verde-amarelo em que a prosa se açucara numa poesia tropical delicada e viva.

Frequentemente comprados juntos

Penguin-Companhia

Iracema

José de Alencar

R$ 49,90

Penguin-Companhia

O cortiço

Aluísio Azevedo

R$ 54,90

Penguin-Companhia

Triste fim de Policarpo Quaresma

Lima Barreto

R$ 54,90

Preço total de

R$ 159,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Penguin-Companhia

O cortiço

Aluísio Azevedo

R$ 54,90

Indisponível

Penguin-Companhia

Memórias de um Sargento de Milícias

Manuel Antônio de Almeida

R$ 54,90

Penguin-Companhia

Triste fim de Policarpo Quaresma

Lima Barreto

R$ 54,90

Penguin-Companhia

Memórias póstumas de Brás Cubas

Machado de Assis

R$ 49,90

Penguin-Companhia

Úrsula

Maria Firmina dos Reis

R$ 49,90

Indisponível

Ficha Técnica

Título original: Iracema Páginas: 192 Formato: 13.00 X 20.00 cm Peso: 0.187 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 06/06/2016
ISBN: 978-85-8285-033-6 Selo: Penguin-Companhia Ilustração:

SOBRE O LIVRO

O romance que construiu uma representação mítica do Brasil. Um clássico verde-amarelo em que a prosa se açucara numa poesia tropical delicada e viva.

O romance que construiu uma representação mítica do Brasil. Um clássico verde-amarelo em que a prosa se açucara numa poesia tropical delicada e viva.

Publicado em 1865, Iracema é um texto básico da cultura brasileira. Parte da trilogia indianista de José de Alencar (junto com O guarani e Ubirajara), o romance tem a multiplicidade dos clássicos: sua prosa é poética, seu tratamento da matéria é mítico, seu ar é de epopeia. Livro que durante muitos anos resumiu nas letras o ethos brasileiro, e ainda rende análises na crítica, na historiografia, nos estudos de gênero e culturais.
A história do amor de Iracema, a "virgem dos lábios de mel", com Martim, é a metáfora do encontro entre civilização e cultura autóctone. Valorizando a paisagem brasileira e construindo um passado idealizado, José de Alencar criou um mito que ainda perdura.

* Leitura obrigatória do vestibular da UNESPAR.

Sobre o autor