Home | Livros | Penguin-Companhia | MEMÓRIAS DO SUBSOLO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

MEMÓRIAS DO SUBSOLO

Fiódor Dostoiévski
Tradução: Rubens Figueiredo

R$ 49,90

/ À vista

Apresentação

Novela que traz vários temas que aparecem em obras maduras de Dostoiévski, como Crime e castigo e Os irmãos Karamázov, Memórias do subsolo é considerado por muitos como o ponto de virada na carreira do autor.

Frequentemente comprados juntos

Penguin-Companhia

Memórias do subsolo

Fiódor Dostoiévski

R$ 49,90

Penguin-Companhia

Os sofrimentos do jovem Werther

Johann Wolfgang von Goethe

R$ 49,90

Penguin-Companhia

Primeiro amor

Ivan Turguêniev

R$ 49,90

Preço total de

R$ 149,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Penguin-Companhia

Os sofrimentos do jovem Werther

Johann Wolfgang von Goethe

R$ 49,90

Penguin-Companhia

Noites brancas

Fiódor Dostoiévski

R$ 44,90

Indisponível

Alfaguara

O mestre e Margarida (Nova edição)

Mikhail Bulgákov

R$ 72,17

Penguin-Companhia

O jogador - (Das memórias de um jovem)

Fiódor Dostoiévski

R$ 49,90

Penguin-Companhia

O eterno marido

Fiódor Dostoiévski

R$ 49,90

Indisponível

Penguin-Companhia

O retrato de Dorian Gray

Oscar Wilde

R$ 54,90

Ficha Técnica

Título original: Записки из подполья Páginas: 184 Formato: 13.00 X 20.00 cm Peso: 0.181 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 01/12/2021
ISBN: 978-85-8285-247-7 Selo: Penguin-Companhia Capa: Ale Kalko Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Novela que traz vários temas que aparecem em obras maduras de Dostoiévski, como Crime e castigo e Os irmãos Karamázov, Memórias do subsolo é considerado por muitos como o ponto de virada na carreira do autor.

Lançado originalmente em 1864, enquanto Dostoiévski morava em Moscou e sua esposa estava nas últimas semanas de vida, Memórias do subsolo é considerado por muitos o ponto inicial da segunda fase do autor -- na qual publicaria suas mais aclamadas obras.
Alienado da sociedade e paralisado pelo peso da própria insignificância, o narrador deste livro conta a história de sua conturbada vida. Com fina ironia, ele relata sua recusa em se tornar mais um trabalhador e seu gradual exílio da sociedade que o cerca.
Escrita em poucas semanas, esta novela arrebatadora explora, com a maestria única de Dostoiévski, as profundezas do desespero humano. 

Tradução do russo, apresentação e notas de Rubens Figueiredo.

Sobre o autor